Tamanho do texto

Sem obsessão, treinador confia no elenco santista para conquistar seu primeiro título continental

O técnico Muricy Ramalho confia no elenco do Santos para conquistar seu primeiro título na Copa Libertadores da América. O treinador ressaltou que os jovens atletas já estão acostumados a jogar decisões e podem levá-lo a sua primeira conquista na competição continental. No entanto, o treinador quatro vezes campeão brasileiro descarta que tenha obsessão para vencer a Libertadores.

“O importante é ganhar, mas não tenho loucura, vou disputar como todos os campeonatos que disputo, mas sem loucura”, afirmou Muricy, que destacou a importância dos títulos conquistados por Neymar, Ganso e companhia.

“Esse time já ganhou a Copa do Brasil e o bicampeonato paulista, está se acostumando e suportando a pressão”, completou o treinador.

Além dos jogadores que conquistaram três títulos em menos de dois anos, Muricy apresenta um currículo vencedor e destaca que só enfrentou decisões desde que chegou ao time da Vila Belmiro.

“Estou há 11 jogos no Santos e só dois não foram decisivos. Estamos no caminho certo decidindo, passando e convencendo. Como foi domingo, que ganhamos de um time forte e convencendo”, disse Muricy.

Desde o dia 6 de abril, o Santos só jogou partidas decisivas pelo Campeonato Paulista e Copa Libertadores da América. A equipe superou as finais do Estadual e chegou ao título da competição ao eliminar Ponte Preta e São Paulo, e derrubar o Corinthians na decisão. Na Libertadores, o Santos conseguiu a classificação para as oitavas de final, onde eliminou o América, do México.

Nesta quarta-feira, os santistas enfrentam o Once Caldas pelo jogo de volta das quartas de final da competição continental, no estádio do Pacaembu . Como venceu a partida de ida na Colômbia, o time de Muricy Ramalho precisa apenas de um empate para chegar à semifinal, e aguardar o ganhador de Jaguares, do México, e Cerro Porteño, do Paraguai.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.