Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Ronaldinho na torcida, Bottinelli garante vitória do Flamengo

Novo ídolo foi a principal atração do jogo e time venceu com belo gol do argentino em cobrança de falta

Thales Soares, enviado iG a Londrina |

Se Ronaldinho Gaúcho foi a sensação fora de campo, dentro dele brilhou a estrela do argentino Dario Bottinelli. Contratado sob desconfiança, ele fez seu primeiro jogo com a camisa do Flamengo e garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o América-MG, neste domingo, no Estádio do Café, em Londrina, com um belo gol em cobrança de falta, aos 39 minutos do segundo tempo.

Antes de Bottinelli poder brilhar, entrando no segundo tempo, todas as atenções estavam, voltadas para Ronaldinho Gaúcho. Ele chegou poucos minutos antes do início da partida, arrastou uma multidão, acenou para o público na arquibancada e sentou no banco de reservas. Ainda recebeu uma placa, homenagem da cidade, logo no começo do intervalo do primeiro para o segundo tempo.

“Obrigado pela homenagem. Espero voltar mais vezes”, disse Ronaldinho, campeão do Pré-Olímpico de 2000, disputado em Londrina.

Com a bola rolando, o novo reforço do Flamengo presenciou de cara uma ótima jogada que resultou no primeiro gol. Fierro lançou o novato Vander, que entrou livre na área e tocou na saída do goleiro França para fazer 1 a 0, aos dois minutos de jogo. A torcida foi ao delírio e deixou Ronaldinho um pouco de lado para vibrar com o time.

Mas, aos 16 minutos, o zagueiro Gabriel Santos empatou para o América-MG, de cabeça, em cobrança de escanteio. O jogo ficou morno e a torcida gritou o nome de Ronaldinho Gaúcho, como se pedisse a sua entrada em campo.

Divulgação
Recém-contratado, meia Vander marcou o primeiro gol do Flamengo na partida

Apesar do bom início, o Flamengo não conseguiu repetir no jogo os ensinamentos do técnico Vanderlei Luxemburgo. Ainda assim, mesmo sem conseguir manter a posse de bola, criou chances de terminar o primeiro tempo na frente. Em cobrança de escanteio de Renato, Deivid desviou e David perdeu uma chance incrível, chutando a bola no travessão, já com o goleiro adversário batido.

Renato, Willians e Vander foram os destaques do primeiro tempo. Deivid, mais uma vez, decepcionou, sem conseguir dar sequência às jogadas. Fierro e Egídio ainda tiveram bons momentos, mas faltou uma maior regularidade, enquanto a defesa inteira bobeou no gol de Gabriel Santos, inclusive o goleiro Felipe.

Luxemburgo decidiu manter o time para o segundo tempo, já pensando na estreia no Campeonato Carioca, dia 19, contra o Volta Redonda, no Engenhão. A preocupação era justamente dar entrosamento a um esquema e uma escalação diferentes.

O time voltou melhor, pressionando mais a saída de bola do América-MG. Fernando e Renato tiveram boas chances de colocar o Flamengo em vantagem novamente, mas as finalizações não foram das melhores.

Depois de 15 minutos, Luxemburgo colocou Bottinelli e Wanderley em campo nos lugares de Leonardo Moura e Deivid. O argentino ainda é uma incógnita para a torcida. Nos primeiros lances, errou um passe e um chute, mas o seu momento estava guardado. Wanderley perdeu uma grande chance em rebote de cobrança de falta de Renato.

Aos 29 minutos, Luxemburgo fez o restante das alterações, colocando todos os jogadores reservas em campo. Apenas Fierro não saiu. No fim, a torcida teve a chance de ver uma das novidades do time brilhar. Romário sofreu falta do lado direito da entrada da área e Bottinelli cobrou com categoria para garantir a vitória por 2 a 1 e mostrar que a esperança não está apenas nos pés Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves.

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 2 x 1 AMÉRICA-MG
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data: 16 de janeiro de 2011
Horário: 17h
Árbitro: Antônio Denival de Moraes (PR)
Assistentes: Pedro Martinelli e Marcos da Silva (ambos do PR)
Público: 17.911 pagantes
Renda: R$ 114.715,00
Cartão amarelo: Gabriel Santos

GOLS:
Flamengo: Vander, aos dois minutos do primeiro tempo. Bottinelli, aos 39 minutos do segundo tempo
América-MG:
Gabriel Santos, aos 16 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Felipe (Paulo Victor), Leonardo Moura (Bottinelli), Welinton (Jean), David (Ronaldo Angelim) e Egídio (Rodrigo Alvim); Fernando (Maldonado), Willians (João Vítor), Fierro, Vander (Romário) e Renato (Marquinhos); Deivid (Wanderley)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
AMÉRICA-MG: França (Glaycon), Micão, Preto (Moisés) e Gabriel Santos; Marcos Rocha (Sheslon), Dudu (Otávio), Leandro Ferreira (Daniel Lovinho), Irênio (Elton Luiz) e Rodrigo (Nando); Luciano (Thiago Silvy) e Fábio Júnior (William Moraes)
Técnico: Mauro Fernandes

Leia tudo sobre: FutebolFlamengoRonaldinho Gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG