Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com rivalidade aflorada, Real e Barcelona iniciam duelo por final

Jogos seguidos e farpas trocadas esquentam clima para a partida de ida da semifinal da Liga dos Campeões

Gazeta |

Depois de dois duelos nas últimas semanas, as diferenças entre Real Madrid e Barcelona estão mais fortes do que nunca. Nos últimos dias, os treinadores e jogadores têm trocado farpas publicamente e apimentaram a rivalidade entre as equipes. Em meio às polêmicas e com o duelo entre a boa fase do Real e o prestígio do Barça, as equipes entram em campo para um duelo de extrema importância, nesta quarta. No Santiago Bernabéu, os times iniciam o duelo em busca da final da Liga dos Campeões da Europa, às 15h45 (horário de Brasília).

Depois do último duelo entre as equipes, quando o Real Madrid saiu com a vitória por 1 a 0 e se sagrou campeão da Copa do Rei, os nervos ficaram à flor da pele, principalmente após uma declaração do técnico Pep Guardiola, que afirmou que o Barça havia perdido a partida "por centímetros", fazendo alusão a um impedimento marcado em um lance de gol de Pedro.

A partir daí, o técnico do Real, José Mourinho, resolveu criticar o rival, dizendo que achava um absurdo a reclamação do rival. "Nunca vi isto. Ele critica um acerto. Antes, havia dois grupos de treinadores. Um, muito pequeno, que não fala de árbitros. E outro, grande, em que eu me incluo, que os critica quando eles cometem erros importantes. Gente que não consegue esconder sua frustração. Agora, há um terceiro grupo, em que só está o Guardiola, que critica o acerto do árbitro", cutucou Mourinho.

Diversos jogadores do Barcelona foram a público defender Guardiola, dizendo que não era uma reclamação sobre a arbitragem, mas apenas uma lamentação das circunstâncias da partida, mas já estava armada a polêmica, com os dois times trocando farpas pela imprensa, que terminaram com Guardiola. "Vou responder dentro de campo. Fora de campo, ele já ganhou. É um p... técnico na sala de imprensa. Amanhã (quarta), vamos ver dentro de campo", disse, irritado.

Dentro de campo, a partida também promete. Jogando em casa, o Real Madrid deve manter a escalação parecida com a que venceu os rivais na final da Copa do Rei. Mourinho deve escalar, novamente, três volantes, e com Pepe entre eles. No entanto, Khedira não deve jogar ao lado do luso-brasileiro e de Xabi Alonso, colocando Lassana Diarra no time.

Na zaga, Mourinho optou por escalar Raúl Albiol e Sergio Ramos formando a dupla, já que Ricardo Carvalho está suspenso e Pepe joga no meio. Na frente, o português deve manter o trio Ozil, Di María e Cristiano Ronaldo, sem centroavante, enquanto as laterais serão formadas por Arbeloa e Marcelo.

O Barcelona, por outro lado, tem alguns problemas. O técnico Pep Guardiola confirmou que não poderá contar com Andrés Iniesta, que tem uma contratura muscular - em 2010, o meia também ficou fora de jogo na Liga e o Barça foi eliminado. Além disto, a lateral esquerda é problema, com Adriano e Maxwell machucados, além de Abidal, que já está fora há algum tempo. Com isto, Keita e Puyol devem ser titulares. O marfinense pode jogar tanto na lateral quanto no meio de campo, enquanto o capitão da equipe pode entrar na zaga ou na lateral.

Mascherano é outro que deve jogar, podendo atuar como zagueiro ou lateral. Caso Guardiola opte por Puyol na zaga e Keita na lateral, o brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcántara, filho de Mazinho, pode ganhar espaço no meio. As esperanças de gol continuam com Messi, que marcou no final de semana e se tornou o maior artilheiro da história do futebol espanhol em uma só temporada. O melhor do mundo terá a companhia de Pedro e Villa na frente. No gol, Victor Valdés volta a ser titular, depois de dar espaço a Pinto na final da Copa do Rei.

Depois de passar por uma série de seis partidas sem ganhar do rival, o Real Madrid quer utilizar a força de sua torcida e a empolgação da vitória na Copa do Rei para embalar o segundo resultado positivo seguido contra o rival. O jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões da Europa será no próximo dia 3 de maio, terça-feira, em Barcelona.

FICHA TÉCNICA - REAL MADRID x BARCELONA

Local: Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha)
Data: 27 de abril de 2011, quarta-feira
Horário: 15h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Wolfgang Stark (Alemanha)
Assistentes: Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel (ambos da Alemanha)
Assistentes adicionais: Babak Rafati e Tobias Welz (ambos da Alemanha)

REAL MADRID: Casillas; Arbeloa, Sergio Ramos, Raúl Albiol e Marcelo; Pepe, Lass Diarra e Xabi Alonso; Di María, Ozil e Cristiano Ronaldo. Técnico: José Mourinho

BARCELONA: Valdés; Daniel Alves, Piqué, Puyol e Mascherano (Keita); Busquets, Xavi e Keita (Thiago); Messi, Pedro e David Villa. Técnico: Josep Guardiola

Leia tudo sobre: real madridbarcelonaespanhafutebol mundialliga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG