Treinador promoveu treino-tático e escalou Danilo e Diogo para enfrentar o Palmeiras neste domingo

O técnico Muricy Ramalho realizou um treino-tático nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, e praticamente definiu o time do Santos para o clássico contra o Palmeiras neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador escalou Diogo entre os titulares, que será o responsável para encostar em Borges no ataque.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide os amigos

Após três meses longe dos gramados por causa de uma lesão na coluna, Diogo volta ao time no clássico
Futura Press
Após três meses longe dos gramados por causa de uma lesão na coluna, Diogo volta ao time no clássico

Diogo fez parceria com Borges no ataque durante o coletivo, mas ajudou muito a equipe no meio-campo, principalmente na marcação, quando o time perdia a bola para o adversário. Com o retorno de Diogo, que sofreu uma fratura por estresse na vértebra L5 há quase três meses, o meia Roger Gaúcho, titular da posição no Campeonato Brasileiro, ficará como opção no banco de reservas.

“Todo mundo sabe que é difícil voltar após uma lesão. Estou curado e agora é ganhar ritmo. Eu atuei no treino como atacante. Foram duas linhas de quatro, e joguei com Borges no ataque”, afirmou Diogo.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

Além de Diogo, Muricy também ganhou o reforço de Danilo no setor. O atleta, que estava com a seleção brasileira sub 20, na Granja Comary, foi liberado para jogar o clássico. Danilo, que continuará a preparação para o Mundial da categoria com a seleção na próxima segunda-feira, tem vaga assegurada entre os titulares contra o Palmeiras.

No restante, o time será o mesmo que venceu o América-MG por 1 a 0 no último sábado, no Pacaembu. Isso porque, além de Neymar, Ganso e Elano, que defendem a seleção brasileira na Copa América da Argentina, o volante Adriano continua em recuperação de um estiramento na coxa esquerda, e o lateral-direito Jonathan está afastado negociando com a Inter de Milão, da Itália.

Desta forma, o Santos pode enfrentar o Palmeiras com a seguinte formação: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval, Léo; Arouca, Rodrigo Possebon, Danilo, Diogo, Rychely; Borges.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.