Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com R$ 600 mil de salário, Muricy é o novo técnico do Santos

Diretoria santista confirmou no final da tarde desta terça, de forma oficial, a contratação do treinador

Samir Carvalho, iG Santos |

O Santos acertou nesta terça-feira a contratação do técnico Muricy Ramalho. Após relutar em pagar um salário alto para o treinador durante as negociações, a diretoria santista voltou atrás depois de sentir a pressão da torcida na derrota diante do Palmeiras no último domingo. Na última segunda-feira, a cúpula santista se reuniu pela manhã em São Paulo, e decidiu abrir os cofres. O iG apurou que o Santos desembolsará R$ 600 mil mensais a Muricy, além de 3 milhões em premiação caso o treinador conquiste a Copa Libertadores da América deste ano.

Divulgação
Muricy Ramalho assinou contrato por uma temporada e será apresentado nesta quinta-feira

O treinador aceitou oficialmente o convite do Santos nesta terça-feira após analisar juntamente com seu empresário, Márcio Revellino, o acordo oferecido pelo clube. Campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010, Muricy Ramalho assinou contrato até abril de 2011 com opção de renovar por mais uma temporada.

O treinador estará nos camarotes da Vila Belmiro nesta quarta-feira para acompanhar o duelo entre Santos e Colo Colo, pela quarta rodada da Libertadores. A estreia de Muricy acontecerá no jogo contra o Americana no próximo, em Americana, pela 18ª rodada do Campeonato Paulista.

Além do salário, o acordo para definir a comissão técnica foi um dos empecilhos para fechar o negócio. No entanto, Muricy e Santos chegaram a um consenso, e o treinador chega a Vila Belmiro ao lado dos auxiliares: Mário Felipe Peres, conhecido como Tatá, e Cláudio Grillo.

O treinador substituirá Adilson Batista, que foi demitido há mais de um mês, com apenas uma derrota no comando na equipe. Nesse período, a equipe santista foi comandada pelo interino Marcelo Martelotte, que deve continuar trabalhando como auxiliar-técnico.

Muricy chega com a missão de classificar o Santos para a próxima fase da Copa Libertadores da América. A equipe disputou três partidas na competição continental e não conquistou nenhuma vitória: foram dois empates – Deportivo Táchira, da Venezuela, e Cerro Porteño – e uma derrota diante do Colo Colo, do Chile.

 

Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG