vários pretendentes , Sanchez minimiza o cargo de diretor de futebol - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com vários pretendentes , Sanchez minimiza o cargo de diretor de futebol

O presidente manteve o discurso sério ao elogias o trabalho feito por Gobbi, que pediu demissão nesta terça

Gazeta Esportiva |

O anúncio da demissão de Mário Gobbi, no final da tarde desta segunda-feira, deixou muitos conselheiros do Corinthians animados com a possibilidade de assumir a diretoria de futebol. Para o presidente Andrés Sanchez, no entanto, a escolha de um sucessor não é uma notícia relevante.

"Mas é inacreditável! Quem é o vice-presidente de futebol do Santos? Do Palmeiras? É brincadeira! Precisam saber quem será o substituto do Gobbi no Corinthians? Isso não tem importância. É um cargo político", minimizou o mandatário, com irritação.

Ainda assim, Sanchez já avalia os candidatos a substituir Mário Gobbi. "Temos vários pretendentes", disse. "Vamos escolher com calma, pois as pessoas são capacitadas. É hora de aguardar", acrescentou.

O presidente manteve o discurso sério ao elogias o trabalho feito por Gobbi. "Já estava mais ou menos combinado que ele sairia do departamento de futebol agora. Em comum acordo, decidimos que ele sairia, independentemente dos resultados no final de ano. Ficar três anos na função é pesado, cansa. Você precisa largar os seus afazeres para se dedicar ao clube. Estava na hora de o Gobbi sair", comentou.

Existe ainda a possibilidade de o Corinthians contratar um gerente de futebol. Carlos Alberto Parreira, que já passou pelo clube como treinador, foi sondado para exercer a função. "É possível. Um dia, quem sabe? Pode ser no ano que vem ou daqui a 100 anos", ironizou Sanchez.

Presente na entrega do Troféu Mesa Redonda, o ex-zagueiro Antônio Carlos também se candidatou a retornar ao Corinthians como administrador. Ele foi diretor técnico do clube entre 2008 e 2009, mas acabou demitido porque foi a uma boate em Presidente Prudente na companhia de Ronaldo, que se atrasou para retornar à concentração.

Leia tudo sobre: corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG