Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com quatro filhos, Ronaldo "fecha a fábrica"

Atacante revelou que fez vasectomia. Gerado fora do casamento, quarto filho foi reconhecido em 2010

Gazeta |

Apesar de um ano sem conquistas pelo Corinthians, Ronaldo tem o que comemorar em 2010. O atacante ganhou dois filhos: Maria Alice, nascida em abril, e Alex, de cinco anos, fruto de um caso com Michele Umezu, que só teve sua paternidade assumida recentemente, após dois anos de processo judicial.

"A chegada de dois filhos novos foi uma coisa maravilhosa que me aconteceu neste ano. Primeiro a Maria Alice e depois o Alex. É uma pena a gente não ter tido esses cinco anos de convivência, eu acompanhando tudo do Alex e ele também acompanhando tudo. A Michele começou o processo de reconhecimento da paternidade quando ele tinha três anos. A Justiça é lenta e demorou até a decisão final", disse o Fenômeno à colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Agora com quatro filhos (Ronald, Maria Sophia, Alex e Maria Alice), Ronaldo revela que a família não irá mais crescer. "Sempre quis ter muitos filhos e realizei meu sonho. Mas agora eu já 'fechei a fábrica', fiz uma vasectomia".

O atacante do Corinthians admitiu que, morando em São Paulo, se preocupa com a educação e, principalmente, segurança da família. Apesar disso, o Fenômeno se diz otimista quanto ao futuro do país e apoia a presidente eleita, Dilma Roussef.

"Eu estou muito otimista com o Brasil. O país vai continuar no mesmo ritmo de crescimento. Eu fui para Europa agora e vi o quanto eles estão sofrendo com essa crise econômica. Aí você valoriza o nosso crescimento. A gente torce para que a Dilma faça um governo bom".

Ronaldo ainda aproveitou para apoiar a Copa do Mundo no Brasil em 2014 e se disse confiante quanto aos esforços do governo para a realização do evento. "A Copa vai ser maravilhosa, tenho certeza que vamos dar um espetáculo. Num evento desse porte não se pode errar e eu sei que as autoridades têm consciência disso", completou.

O atacante volta a trabalhar no Corinthians no dia 4 de janeiro. Ele ganhou um dia a mais de folga e vai se reapresentar direto em Itu, no interior de São Paulo, local da pré-temporada.

Leia tudo sobre: RonaldoCorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG