Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com outra atuação ruim, Atlético-MG perde para o Grêmio Prudente

Derrota no interior de São Paulo obriga time mineiro a vencer a partida da volta, na próxima quarta-feira

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Com mais uma atuação bem abaixo do que a torcida espera, o Atlético-MG perdeu para o Grêmio Prudente por 2 a 1, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Eraldo e Juan marcaram para os donos da casa e Magno Alves descontou para os visitantes. A partida de volta está marcada para quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Para se classificar, o Atlético-MG precisa vencer por 1 a 0 ou diferença maior que dois gols. Já o Grêmio Prudente joga pelo empate e até por derrotas, desde que sejam por apenas um gol de diferença e marque dois ou mais gols. Caso o time mineiro vença por 2 a 1, a decisão sobre quem vai enfrentar o Ceará vai ser nos pênaltis.

Mas antes, cada clube tem seu compromisso pelo estadual. Em Minas, o Atlético o vai até Governador Valadares enfrentar o Democrata, domingo, às 18h30. No mesmo dia e horário, o Grêmio Prudente joga contra o Santo André.

O jogo
Assim como ocorreu nas partidas anteriores, mais uma vez o Atlético-MG fez um primeiro tempo para se esquecer. Completamente dominado pelo Grêmio Prudente, a equipe de Dorival Júnior se safou de uma goleada, em função de estar diante do lanterna do Campeonato Paulista. Mesmo jogando contra um time que tinha vencido somente três partidas em 18 disputadas, o Atlético-MG conseguiu ser dominado.

Futura Press
Com o resultado em Presidente Prudente, o Atlético-MG vai precisar vencer em Sete Lagoas

Já nos primeiros minutos o Grêmio Prudente esteve perto de abrir o marcado. Somente uma falta batida por Ricardinho, aos sete minutos, foi o melhor momento atleticano. O gol só não saiu por conta da boa defesa de Márcio. Mas o time mineiro ficou nisso e logo tomou o primeiro gol. Eraldo nem precisou saiu do chão para cabecear a bola e abrir o placar.

O ataque do Atlético-MG não ameaçava, o meio não marcava e defesa não desarmava. Assim seguia o Atlético-MG. Depois de uma saída errada do zagueiro Réver, Eraldo quase marcou o segundo dele. O atacante chutou de fora da área e a bola passou perto do gol de Renan Ribeiro. Somente dos pés de Ricardinho que o Atlético-MG conseguiu produzir alguma coisa . Aos 19 minutos ele cruzou e Leonardo Silva cabeceou para defesa de Márcio.

Em mais uma falha conjunta do meio e da defesa, o Grêmio Prudente esteve muito perto de ampliar a vantagem. Porém o atacante Juan chegou atrasado e não conseguiu desviar a bola, já com o gol aberto. Quem também teve chance de fazer um gol com Renan Ribeiro batido foi Eralado. O atacante perdeu na velocidade para Serginho, depois que o goleiro atleticano fez boa defesa em chute de Saldanha.

O castigo para o Grêmio Prudente depois de tantos gols perdidos saiu dos pés de Ricardinho. O camuisa 10 do Atlético-MG lançou Magno Alves, que ajeitou a bola e bateu na saída de Márcio para empatar o jogo. Mas a igualdade durou somente dois minutos. Juan aproveitou a cochilada de Leandro e chutou de primeira para marcar um belo gol.

Com o time mal e resultado negativo, o técnico Dorival Júnior fez duas alterações no intervalo. Renan Oliveira e Ricardo Bueno deram lugar a Leleu e Neto Berola. Se o time atleticano mudou a postura, o futebol pouco mudou. Apesar de maior posse de bola, o Atlético-MG não ameaçava o gol de Márcio. O camisa 1 do Grêmio Prudente, aliás, não fez nenhuma defesa na etapa final.

O ímpeto ofensivo do time da casa também diminuiu, o que facilitou para a defesa atleticana, que continuava batendo cabeça. O goleiro Renan Ribeiro teve de fazer somente duas defesas, ambas em chutes de fora da área. O lance com Vanderson Cafu, aos 25 minutos, talvez tenha sido o de maior perigo em toda a etapa final. Mas nada suficiente para animar os 989 torcedores que pagaram ingresso.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO PRUDENTE 2 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Eduardo José Farah (Prudentão), em Presidente Prudente-SP
Data: 31 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 20h (horário de Brasília)
Renda: R$ 16.185,00
Público: 989 pagantes
Árbitro: Antônio Denival de Morais (PR)
Assistentes: Gilson Bento Coutinho (PR) e Marcos Rogério da Silva (PR)
Cartões Amarelos: Vanderson Cafu (PRU); Serginho e Leonardo Silva (CAM)

GOLS:
GRÊMIO PRUDENTE: Heraldo, aos 10; Juan, aos 36 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-MG: Magno Alves, aos 34 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO PRUDENTE: Márcio; Vanderson Cafu, Douglas, Edinei e Raí; Anderson Pedra, Daniel, Saldanha (Alceu) e Elivélton; Eraldo (Rhayner) e Juan (Léo).
Técnico
: Márcio Goiano

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Réver, Leonardo Silva e Leandro; Toró, Serginho, Ricardinho (Bernard) e Renan Oliveira (Leleu); Magno Alves e Ricardo Bueno (Neto Berola).
Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: Atlético-MGCopa do Brasil 2011PrudenteBarueri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG