Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com obrigação da vitória, Palmeiras encara o Noroeste em Bauru

Time da capital precisa vencer para não começar a se distanciar da ponta e se aproximar do fim do G-8

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Com a obrigação de vencer, o Palmeiras enfrenta o Noroeste nesta quarta-feira, às 19h30, em Bauru. A sequência de três empates no Paulistão resultou na queda da liderança para a 5ª colocação e um resultado ruim pode deixar o time a três pontos de sair do G-8.

Até por isso, o clima de Carnaval precisou acabar de forma instantânea. Na terça-feira, Felipão reuniu o elenco e avisou que a farra já havia acabado. Marcos Assunção disse que o time precisa entender o recado o mais rápido possível para que outros adversários não ultrapassem a equipe do Palestra Itália novamente.

“Isso não é crise. Os adversários estão muito perto. O número de pontos é muito baixo, muito pequeno. Quando o Palmeiras ganhava, os outros três grandes ganhavam também. A distância sempre foi essa e sempre foi pequena. Se empatamos como fizemos nos últimos três jogos, o Corinthians passa, o Mirassol passa, o São Paulo e o Santos empatam. Mas de repente a gente ganha e eles tropeçam e vamos para o topo de novo”, explicou Marcos Assunção.

Para que a rotina das vitórias volte, Felipão não poderá escalar Kleber, que chegou a ser relacionado para a concentração, mas sentiu dores na coxa de última hora e foi cortado. A expectativa é que Miguel assuma seu lugar à frente ao lado de Adriano, assim como foi contra o Santo André.

Em contrapartida, Valdivia volta para a equipe e tentará ajudar a equipe a se livrar de outro problema que incomoda os jogadores: ataque muito fraco. Em 11 jogos, o Palmeiras marcou apenas 13 gols, com um gol a mais que o lanterninha Linense.

“Mas você vê que temos um gol a mais, mas o Linense é o último. O importante é estar em cima da tabela. Não queremos quatro ou cinco gols. O importante é conseguir a vitória, seja de 1 a 0 magro. Não adianta ir no jogo fazer três e tomar três. O importante é ganhar de 1 a 0 e ter os três pontos”, completou o volante.

No Noroeste, Marcelinho, Hernani e Francis, que são volantes, Cris e Da Silva, zagueiros, e os atacantes Otacílio Neto e Diego não são presenças confirmadas. O técnico Lori Sandri minimiza as possíveis faltas e afirma que o time estará pronto independente da escalação.

"Estamos na metade do Paulista e as equipes não podem mais cometer falhas. Caso alguma aconteça, será primordial para definir o vencedor do jogo. Se o Palmeiras precisa do resultado, imagina a gente"

FICHA TÉCNICA - NOROESTE X PALMEIRAS

Local: Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru (SP)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alberto Poletto Masseira (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Luciano Monteiro dos Santos e Guilherme Ceretta de Lima (ambos de SP)

NOROESTE: André Luis; Márcio Gabriel, Matheus, Hallison e Gleidson; Júlio Cesar, Tiago Ulisses, Thiago Marin e Ricardinho; Vandinho e Otacílio Neto (Aleilson)
Técnico: Lori Sandri

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga e Valdivia; Adriano e Miguel
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Leia tudo sobre: palmeirascampeonato paulista 2011noroeste

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG