Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com o rosto machucado, Pierre diz que Charles merecia o vermelho

Jogador do Atlético-MG diz que volante do Cruzeiro tinha de ser expulso por cotovelada aos três minutos

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Victor Martins
Pierre deixou o estádio com o rosto machucado no lado esquerdo, abaixo do olho
Um lance nos primeiros minutos da partida poderia ter mudado o rumo do clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro . Numa disputa entre volantes, o cruzeirense Charles e o atleticano Pierre trombaram dentro da área alvinegra, aos três minutos do primeiro tempo. Os jogadores do Atlético-MG reclamaram que o camisa 10 do Cruzeiro teria agredido Pierre.

Veja também: Atlético-MG foi o 15º colocado, fora da Sul-Americana. Veja a classificação

No entanto, o árbitro Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ), nada marcou. Assim como o auxiliar Carlos Berkenbrock (Fifa-SC). Um dos únicos jogadores do Atlético-MG a dar entrevista depois de deixar o vestiário, Pierre exibiu a marca do lance no rosto e disse que levou uma cotovelada do jogador cruzeirense.

Leia também: Abatido, Pierre pede desculpas para a torcida do Atlético-MG

“Um lance sem bola, o Charles disparou uma cotovelada no meu olho. Mas fazer o quê? O bandeirinha não viu, o juiz não viu. É vida que segue”, acusou Pierre, lembrando que o jogador do Cruzeiro poderia ter sido expulso com apenas três minutos de partida, o que faria o clássico tomar um outro rumo.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011PierreCruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG