René Simões ainda tem problemas para escalar o time, mas pelo dois estão recuperados e voltam aos treinamentos nesta terça-feira

Depois de perder Maranhão por 15 dias, o técnico René Simões, do Bahia , segue com algumas dúvidas para a partida contra o Cruzeiro , no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena do Jacaré.

O lateral Ávine já não sente mais dores no joelho e segue fazendo um traballho de recondicionamento físico que iniciou no final da semana passada, buscando uma recuperação rápida para ser relacionado para o próximo confronto.

Carlos Alberto é outro que não tem previsão de retorno. O meia continua tratando as dores que sente no púbis e não sabe se terá condições de voltar para a partida contra o Cruzeiro.

Outro que está encarando dores é o goleiro Omar. O atleta sentiu um incômodo no joelho após o aquecimento para o duelo contra o Botafogo e passará por exames nessa semana para detectar se há alguma lesão. O zagueiro Nem está com problemas na cartilagem do joelho esquerdo e fica suspenso dos treinos por 30 dias.

Sustos e retornos
Alguns chegam ao departamento médico, mas outros estão voltando a estar em condições de jogo para René Simões. Souza, que estava com uma lesão na coxa, e Thiego, que sofria com uma pubalgia, estão recuperados e voltam aos treinamentos nesta terça-feira.

O zagueiro Titi, que preocupou a comissão técnica ao sair reclamando de dores no pé esquerdo após o empate contra o Botafogo, passou por exames nesta segunda-feira e não foi detectada nenhuma fratura. Mesmo com dores, ele não deve desfalcar a equipe no próximo duelo.

Pela mesma situação passou o atacante João Neto, que queixou-se de dores no músculo adutor da coxa esquerda. Realizando exames de imagem, nada foi constatado. Mesmo assim, por precaução, ele foi poupado das atividades, mas será liberado ainda esta semana.

O Bahia está na décima quinta posição da Série A, com dez pontos, distante apenas dois da zona de rebaixamento. Sem vencer há três jogos, a equipe busca uma recuperação contra o Cruzeiro, no próximo domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.