Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com novo gol de Eduardo, Shakhtar vira sobre Arsenal. Braga vence fora

Brasileiro naturalizado croata voltou a marcar sobre o ex-time, na vitória por 2 a 1 na Ucrânia. Braga fez 1 a 0 no sérvio Partizan com gol do zagueiro Moisés

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861835470&_c_=MiGComponente_C

Com status de favorito e líder no grupo H com nove pontos, o Arsenal se deu ao luxo de poupar titulares na quarta rodada da competição, ao enfrentar o Shakhtar Donetsk (com seis) na Ucrânia. No entanto, não contava com a boa atuação do time dos brasileiros William e Luiz Adriano, e perdeu de virada por 2 a 1 com um gol do atacante Eduardo da Silva, naturalizado croata. Ainda pela chave H, o Braga, de Felipe, venceu o sérvio Partizan por 1 a 0, também com gol de brasileiro, do zagueiro Moisés.

O técnico da equipe londrina, Arsene Wenger,  decidiu não contar com o seu melhor jogador, o meia espanhol Cesc Fábregas, poupado. Assim, viu o seu ex-comandado marcar outra vez no confronto, garantindo a vitória do time do leste europeu ainda no primeiro tempo do jogo.

Apesar disso, quem começou melhor a partida foi o Arsenal, que teve início bom ao abrir o placar logo aos dez minutos com Walcott. O gol, no entanto, não assustou o time da casa, que seguiu tentando aumentar a posse de bola, encurralando os ingleses no campo de defesa.

O resultado disso veio aos 28 minutos. Após chute do brasileiro Luiz Adriano, o zagueiro Chygrynskiy desviou e empatou o jogo. O tento acendeu o time de Donetsk, que seguiu atacando e, pelos lados, conseguiu virar o placar. Srna cruzou da direita para Eduardo, que completou para o gol.

No segundo tempo, o Shakhtar usou e abusou do poder defensivo frente ao jovem meio-campo do Arsenal, que contava com Wilshere e Eastmond. Wenger não conseguia fazer sua equipe mudar a história da partida, enquanto que Mircea Lucescu, treinador do time ucraniano, apenas trocou jogadores para fazer o tempo passar e garantir a vitória.

Com o resultado, Arsenal e Shakhtar estão empatados com nove pontos, mas o time lodnrino ganha no saldo de gols. Nenhum dos dois garantiu a classificação ainda, pois o Braga se recuperou e venceu o Partizan por 1 a 0, com gol do zagueiro brasileiro Moisés (ex-Cruzeiro), e chegou aos seis pontos, e ainda tem chance de chegar no mínimo à segunda colocação do Grupo H.

Pelo Braga, o goleiro Felipe, ex-Corinthians, esteve em campo, e desta vez não sofreu gols. Ao lado dele, Márcio Mossoró (ex-Internacional) e Leandro Salino (ex-Flamengo e Ipatinga) atuaram e levaram o mais brasileiro dos times portugueses à vitória, reavivando a equipe na disputa. Pelo Partizan, o atacante Cléo esteve em campo, mas pouco produziu pela equipe da capital sérvia Belgrado.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG