Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Nilmar de titular, Villareal empata com Sporting Gijón

O brasileiro marcou o único gol da equipe, que acabou levando após cobrança de pênalti nos acréscimos

Gazeta Esportiva |

AP
Nilmar marca o único gol da equipe no empate contra o Gijón
O Villarreal recebeu o Sporting Gijón e empatou, por 1 a 1. O empate mantém o clube na quarta posição, três pontos atrás do Valencia, que foi goleado pelo Zaragoza, por 4 a 0.

Após uma atuação ruim, o Villarreal abriu o placar e tentou segurar o 1 a 0 até o final do jogo. Mas, com um pênalti nos acréscimos, o Gijón saiu do El Madrigal com um ponto, importante na disputa da equipe para não cair no Campeonato Espanhol. Agora, a equipe tem 29, três a frente da zona de risco.

O Villarreal, nesta quarta-feira, define a sua classificação às quartas de final da Liga Europa, contra o Bayer Leverkusen, em casa. Na partida de ida, o time espanhol conseguiu um bom resultado ao bater o Bayer, por 3 a 2, na BayArena.

O JOGO - Após fazer dois gols no confronto contra o Bayer Leverkusen, pela Liga Europa, o atacante Nilmar começou a partida entre os titulares. Aos 16 minutos, o brasileiro recebeu bom passe de Cani e chutou na rede pelo lado de fora.

Aos 28, a equipe mandante abriu o placar. Após escanteio cobrado, o goleiro Cuellar não conseguiu afastar a bola e sobrou para o atacante Rossi, na segunda trave, de perna esquerda, abrir o placar. O Sporting sentiu o gol e passou a ter dificuldades em atacar o Villarreal.

No segundo tempo, a partida começou com mais velocidade e o Gijón pressionava em busca do empate. Aos 20 minutos, a equipe sofreu uma importante baixa: por reclamação, Angel recebeu o segundo cartão amarelo e deixou a equipe visitante com um a menos.

Ainda assim, o Sporting tentava o empate e, aos 33 minutos, Barral chutou, tirando do goleiro Diego Lopez, mas mandou para fora, em boa oportunidade. Dois minutos depois, após não ter grande destaque, Nilmar saiu para entrada de Matilla.

Com a vantagem, o Villarreal diminuiu o ritmo da partida e esperava apenas o apito final do árbitro. Aos 47, Sastre fez falta em Rossi e deixou o Gijón com dois a menos, facilitando a tarefa do Submarino Amarelo. O que a equipe não contava era com um pênalti, nos acréscimos, para os visitantes. Segundo o árbitro, Gonzalo cometeu falta dentro da área. Aos 50 minutos, Diego Castro converteu e definiu o placar em 1 a 1.

Leia tudo sobre: Espanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG