Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Neymar, sub 20 joga a classificação olímpica contra o Uruguai

Empate basta na volta do atacante, que pode superar "clone" Robinho e classificar Brasil para Londres 2012

iG São Paulo |

Ícone da seleção brasileira sub 20 que disputa o Sul-Americano no Peru, Neymar tenta na madrugada deste domingo, (0h10), feito que seu “clone” Robinho, a quem diariamente é comparado, fracassou em 2003: classificar o Brasil para os Jogos Olímpicos. O jogo contra o Uruguai, seleção que já está classificada, será na cidade de Arequipa e define também o campeão do torneio – para levantar a taça os brasileiros precisam vencer.

Basta o empate contra o Uruguai para a vaga nas Olimpíadas estar sacramentada – são duas em jogo no torneio. Mas o Brasil pode entrar em campo até classificado, já que a Argentina, única concorrente à vaga, joga mais cedo, 19h50 (de Brasília), e se não ganhar da Colômbia garantir a seleção comandada por Ney Franco. Os argentinos também precisam tirar diferença de saldo de gols, já que têm seis pontos, três a menos do que o Brasil, mas um saldo seis vezes pior (seis gols a zero).

Neymar é o artilheiro, com sete gols, e grande estrela da competição. Não enfrentou o Equador na rodada passada do hexagonal final porque estava suspenso e o Brasil penou para vencer por 1 a 0. Suas atuações chamaram a atenção de olheiros que observam a competição a ponto do jornal italiano “Gazzetta dello Sport” escrever que “todos estão loucos por Neymar”. Inclusive José Mourinho, melhor técnico do mundo que dirige o clube mais rico, o Real Madrid.

Mowa Press
Neymar é o artilheiro do Sul Americano, com sete gols marcados em oito partidas

Em janeiro de 2004, a geração de Robinho e Diego fracassou no Pré Olímpico do Chile e a seleção ficou fora das Olimpíadas de Atenas no mesmo ano – antigamente havia uma competição específica para a vaga olímpica e agora a classificação é feita por meio do Sul-Americano sub 20, apesar dos Jogos terem limite sub 23. O Brasil jamais venceu uma Olimpíada, único grande torneio que não tem o ouro (foi vice em 1984, em Los Angeles, e 1988, em Seul).

Além de Neymar, que entra na vaga de Diego Maurício, Ney Franco terá o retorno do zagueiro Juan, que também cumpriu suspensão na última rodada. Ele deve entrar na vaga de Romário. Saimon continua como zagueiro central porque Bruno Uvini teve uma fratura na perna direita e foi cortado. O restante do time é o mesmo que bateu o Equador.

Uruguai
Heróis. Assim estão sendo tratados pela imprensa local os garotos que classificaram a seleção uruguaia para as Olimpíadas de 2012. Conhecida como “Celeste Olímpica” justamente por ter vencido as edições de 1924 (em Paris, na França) e 1928 (em Amsterdã, na Holanda), o Uruguai não participava desde esta última, 83 anos atrás.

O técnico Juan Verzeri fez uma lembrança para mostrar que o Uruguai não está satisfeito com a vaga e jogará com o Brasil para conquistar o título do Sul-Americano, que normalmente é menosprezado: os uruguaios não vencem a competição há 30 anos, desde 1981, quando o craque do time de base era Enzo Francescoli, um dos grandes da história do país. Os destaques Vecino e Luna estarão em campo.

FICHA TÉCNICA - BRASIL x URUGUAI

Local: Estádio Universidad Nacional San Augustin, em Arequipa (Peru)
Data: 13 de fevereiro de 2011
Horário: 0h10 (de Brasília)
Árbitro e Assistentes: Não divulgados pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol)

BRASIL: Gabriel, Danilo, Saimon, Juan e Alex Sandro, Casemiro, Fernando, Lucas e Oscar, Neymar e Willian José
Técnico: Ney Franco

URUGUAI:. Salvador Ichazo; Federico Platero, Leandro Cabrera e Maximiliano Olivera; Camilo Mayada, Nicolás Prieto, Ángel Cayetano e Diego Polenta; Matías Vecino ; Luis Machado e Adrián Luna
Técnico: Juan Verzeri

Leia tudo sobre: selecao brasileiraNeymarOlimpíadas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG