Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com muitos desfalques e sem técnico, Botafogo enfrenta o Boavista

Equipe será comandada pelo preparador de goleiros Flávio Tenius. São 10 jogadores indisponíveis

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A semana foi de mudanças profundas no Botafogo. Na terça-feira, o técnico Joel Santana anunciou que estava deixando a equipe carioca. Um dia depois, a diretoria confirmou a contratação de Caio Júnior para comandar a equipe. Em campo, três jogadores viajaram para defender suas respectivas seleções, três estão suspensos e outros seis estão lesionados. Assim, seis jogadores foram chamados para integrar os treinamentos da semana.

E é com esse cenário fragilizado que o Botafogo enfrenta o Boavista neste sábado, às 18h30, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. Como o técnico Caio Júnior só chegou ao Rio na noite desta sexta-feira, ele viajará para encontrar a equipe, mas não comandará o time em campo. O preparador de goleiros Flávio Tenius e o auxiliar técnico de Caio Júnior, Almir Domingues, ficarão no banco de reservas para passar as intruções ao time. O Botafogo lidera o Grupo B com nove pontos, ao lado do Olaria, mas em caso de tropeço, pode até deixar a zona de classificação para a semifinal da Taça Rio.

Apesar dos problemas, Tenius acredita que o Botafogo deve partir para cima e pressionar o Boavista, que já venceu Vasco e Fluminense na Taça Guanabara. "Tentamos deixar a equipe mais tranquila, passar confiança e incentivar, que é o mais importante neste momento. Vamos jogar de acordo com as características dos jogadores, explorando os lados do campo e a velocidade do Caio e do Willian no ataque. Temos que ir para cima sem dar muita chance para o Boavista jogar", declarou o preparador de goleiros, que viverá a experiência de ser treinador por um dia.

AE
Caio formará o ataque do Botafogo com Willian neste sábado, contra o Boavista

Entre os jogadores indisponíveis, Rodrigo Mancha, Everton e Herrera estão suspensos; Loco Abreu, Arévalo e Jefferson, estão com suas respectivas seleções; Lucas, Bruno, Araruama e Alex seguem machucados. Com 15 jogadores, os jovens Cidinho, Jeferson, Sasá e Jairo viajam com a equipe, mas apenas três deles ficarão no banco de reservas. Na lateral-direita, Alessandro volta ao time titular. Fahel também recebe mais uma chance na equipe. Na armação das jogadas, Fabrício estreia como titular no Botafogo. Já o ataque será formado por duas revelações do clube, Caio e Willian.

O volante Marcelo Mattos, que voltou ao time na derrota para o Vasco, começa como titular. Para ele, é preciso que os jogadores mais experientes ajudem os mais novos, chamando a responsabilidade na partida. "É hora de nós, jogadores experientes, que já passaram dificuldades semelhantes em outros clubes, chamar essa responsabilidade. Na hora da vitória é facil, todos querem aparecer. Chegou a hora de a gente estar junto. Precisamos ter calma para jogar bem", disse o volante do Botafogo.

Se o Botafogo tem problemas, o Boavista tenta surpreender mais um dos grandes do Rio. Segundo colocado do grupo A, com nove pontos, mesmo número do Vasco, que lidera a chave no saldo de gols, o time de Saquarema espera uma vitória para deixar a classificação à semifinal bem encaminhada. Apesar de confiante, o técnico Alfredo Sampaio minimiza o número de desfalques do adversário.

"Tenho confiança de que vamos conseguir ganhar por conta do trabalho que meus jogadores desempenharam ao longo de toda a semana e não por conta dos desfalques do adversário. Sabemos que o Botafogo conta com um elenco de grande qualidade e tem peças de reposição à altura para desempenhar um bom futebol", afirmou Alfredo.

O Boavista está definido para este duelo. O meia Leandro Chaves volta de suspensão, mas vai ficar como opção no banco de reservas, pois Alfredo Sampaio pretende repetir a formação que derrotou o Fluminense.

FICHA TÉCNICA - BOAVISTA X BOTAFOGO

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 26 de março de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: William de Souza Nery (RJ)
Assistentes: Ralph Carneiro (RJ) e Ricardo da Silva (RJ)

BOAVISTA: Thiago; Everton Silva, Gustavo, Bruno Costa e Paulo Rodrigues; Julio César, Joílson, Tony e Erick Flores; André Luís e Frontini
Técnico: Alfredo Sampaio

BOTAFOGO: Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Márcio Rosário e Márcio Azevedo; Fahel, Marcelo Mattos, Somália e Fabrício; Caio e Willian
Técnico: Flávio Tenius

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG