Reserva começa período de titularidade contra o Botafogo, domingo, no Engenhão

Já se foi o tempo em que Marcelo significava insegurança no gol do Grêmio. Em 2011, na sétima temporada no clube gaúcho, o goleiro de 24 anos chegou ao auge: substitui à altura o selecionável Victor. Basta ver que tem mais defesas, em média, do que o titular. Os números a seguir são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Em 12 jogos entre Gauchão, Libertadores e Brasileirão, o reserva soma 40 defesas, ou seja, uma média de 3,3 intervenções por partida. Victor, em 34 confrontos, fez 70 – 2,05 a cada 90 minutos.

"Comecei a jogar muito cedo e tive bons momentos, mas a maturidade vem com o tempo. Às vezes, a gente apanha um pouco, só que isso faz parte do passado. Me sinto experiente e a tendência é sempre melhorar", comentou Marcelo.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Claro que os números dependem do adversário e do nível de atuação do Grêmio. Porém, Marcelo espera melhorá-los contra o Botafogo, domingo, no Rio. Ou ao menos continuar em branco. Ele não sofreu gol contra o Bahia, a sua única partida no Brasileirão – Victor levou seis em quatro jogos.

"Vindo as vitórias consequentemente a gente consegue fazer um bom trabalho. Estou tranquilo, vou procurar fazer meu melhor", disse Marcelo.

Dependendo da campanha do Brasil na Copa América, Victor pode voltar ao Grêmio apenas dia 30 de julho contra o Flamengo. Neste período, Marcelo atuaria contra Botafogo, Avaí, Cruzeiro, Coritiba, Figueirense, Santos e América-MG.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.