Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Lincoln, Palmeiras tem segundo melhor jogo em passes certos

Meia volta a campo após mais de dois meses fora e melhora qualidade do time na vitória contra o Linense

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Lincoln melhorou a qualidade de passe do Palmeiras. É o que mostram os números do Footstats após a vitória por 3 a 0 desta quarta-feira contra o Linense. O time do Palestra Itália acertou 396 passes, a segunda melhor marca, só atrás do 0 a 0 contra o Santo André, quando o time de Felipão trocou por 456 vezes a bola de pés, muito por causa da retranca armada pelo time do ABC.

Outro quesito que impressiona foi o de viradas de bola. Em média, o Palmeiras acerta cinco por jogo. Contra o Linense, o número foi superado quatro vezes: 20 viradas de bola. Esse também foi o 2º jogo em que o Palmeiras mais marcou gols. A marca igualou os 3 a 1 contra o Paulista e ficou só abaixo da goleada contra o Ituano, por 4 a 1.

AE
Kleber, Lincoln e Patrik comemoram o primeiro gol do Palmeiras
Em termos individuais, Lincoln acertou 42 passes e errou sete. Ele ficou atrás de Márcio Araújo e Rivaldo. Lincoln também foi o melhor desarmador, ao lado de Cicinho e Márcio Araújo, com dois acertos.

“Eu só tenho a agradecer ao apoio do torcedor. Vocês (jornalistas) que acompanham o dia a dia sempre viram que eu trabalhei e estava esperando só uma oporunidade, com muita humildade. E eu sei que esquecer de jogar eu não ia. Acharam que era o momento e eu procurei entrar em campo sem pensar em problema e só em ajudar o Palmeiras”, disse o jogador logo após o jogo, que voltou a negar uma possível saída do clube.

“O problema é que especula-se muito, uma vez que eu não dei nenhuma entrevista. Eu, em momento algum, disse que sairia, que eu tinha vontade de sair. Então, a partir do momento, enquanto eu não falar, a gente não tem que tirar conclusão. Se eu vou continuar, quem pode responder é o Felipão. Eu continuo trabalhando e vou continuar sempre. O Palmeiras é maior de tudo”, completou.

No fim do jogo, Lincoln foi muito aplaudido e cumprimentou Felipão, fato que o deixou bastante contente. Ele espera que tudo seja resolvido com a diretoria para que a situação fique tranquila no Palestra Itália.

“Significa muito (o cumprimento). Eu não tive e não tenho problema com nenhuma pessoa do Palmeiras, nem com Felipão, nem com a diretoria, nem com o grupo. Independente de qualquer coisa, o Palmeiras é o maior”, afirmou.

Leia tudo sobre: palmeiraslincoln

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG