"Achei que havia sido só uma pancada, mas o exame detectou essa lesão", declarou o brasileiro

O amistoso do último sábado com o Genk rendeu dor de cabeça ao Lyon. O meia Ederson se chocou com o colega de equipe Dejan e rompeu o ligamento cruzado posterior, deslocando o joelho esquerdo. Agora o brasileiro ficará afastado dos gramados por até três meses.

"Infelizmente, aconteceu esse incidente. Me choquei com o meu companheiro em um lance casual, achei que havia sido só uma pancada, mas o exame detectou essa lesão", declarou Ederson, após o resultado do exame de ressonância magnética.

A lesão vem justamente no momento em que Ederson comemorava a recuperação de outra contusão. Em agosto do ano passado, durante amistoso da seleção brasileira com os Estados Unidos, o meia sofreu uma ruptura total dos músculos isquiotibiais da coxa esquerda e ficou afastado dos gramados por cerca de seis meses.

"Fico triste, pois estava vindo em uma boa sequência, desde a volta da contusão que eu sofri na seleção e, agora, terei essa série interrompida novamente. Mesmo assim, estou tranquilo e confiante de que voltarei o mais rápido possível. É mais um obstáculo que terei que vencer na minha carreira", lamentou o camisa 10 dos Gones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.