Médico Cimar Eustáquio informou que o atacante teve um estiramento na região posterior da coxa direita

O técnico Givanildo Oliveira terá que mudar o ataque do América-MG para o duelo contra o Bahia em Pituaçu, na próxima quinta-feira. Isso porque, o avante Alessandro teve diagnosticado um estiramento na região posterior da coxa direita e segundo o médico do time, Cimar Eustáquio, o jogador vai desfalcar o time americano por pelo menos 20 dias.

"O Alessandro teve um estiramento na região posterior da coxa direita. A lesão foi leve e ele já está em tratamento. Acredito que ele deve retornar aos trabalhos e ficar à disposição do Givanildo Oliveira em aproximadamente 20 dias, três semanas", explicou.

Ainda de acordo com Cimar Eustáquio, a contusão de Alessandro é diferente da lesão sofrida na partida contra o Atlético-PR, na penúltima rodada. "Foi na mesma coxa, mas a lesão anterior dele era totalmente diferente. A anterior era mais um processo inflamatório de um tendão. E dessa vez, ele teve um estiramento no corpo muscular. É um prognóstico melhor, de recuperação mais rápida, mas que deve durar cerca de 20 dias", disse.

Para Eustáquio, Alessandro é um jogador esforçado que já demonstra vontade de recuperar para ajudar o América-MG. "O Alessandro é um jogador que se esforça muito e está chateado como todos nós, já que passou por um processo de recuperação bem recente. Infelizmente, ele está chateado, mas vai recuperar em tempo para ajudar o América-MG a sair dessa situação difícil no Brasileiro", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.