Com vitórias sobre Ajax e Dínamo Zagreb, clube espanhol ocupa a primeira colocação do Grupo D da Liga dos Campeões

Com 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas da Liga dos Campeões da Europa, o Real Madrid , líder do Grupo D, recebe o Lyon nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), em Santiago Bernabéu. Em alta novamente, o brasileiro Kaká está escalado entre os titulares pela quinta partida consecutiva, com Özil mais uma vez no banco de reservas .

Enquanto o Real lidera e pode disparar, o time francês é segundo colocado na classificação, com quatro pontos conquistados. Em caso de vitória na casa do adversário, o Lyon assume a liderança da chave. Vindo de duas vitórias sobre os mesmos adversários, os espanhóis têm a chance de disparar na ponta, abrindo cinco pontos de vantagem.

LEIA TAMBÉM: José Mourinho completa 500 dias no Real Madrid à sombra do Barcelona

Kaká voltou à boa fase e será titular do Real Madrid nesta terça-feira diante do Lyon
EFE
Kaká voltou à boa fase e será titular do Real Madrid nesta terça-feira diante do Lyon
Esta é a nona vez que os dois clubes são colocados frente a frente na competição continental nos últimos seis anos. Os confrontos mais antológicos ocorreram na última edição, quando o time de Madri eliminou o de Lyon com um 3 a 0 soberano em Santiago Bernabéu e se livrou da escrita de não passar daquela fase há seis anos. Na temporada anterior, os próprios franceses haviam eliminado os espanhóis.

Para esse confronto, o técnico José Mourinho terá cinco desfalques importantes, a começar por Lass Diarra, que fica fora por lesão muscular. Nuri Sahin, Albiol e Ricardo Carvalho também foram ausências da lista do comandante português, que repetiu os convocados da última partida, convocando o goleiro Mejiás, revelação da base, no lugar de Diarra.

Mourinho ficou fora do banco de reservas nas primeiras partidas da Champions por suspensão, mas está de volta para dirigir o time. "Isso já passou, a expulsão foi em uma partida da última edição da Liga e o pensamento agora é na nova edição. Nossa intenção é fazer melhor do que naquela temporada e jogar ofensivamente, buscando o gol a todo momento", declarou o técnico, que foi expulso na eliminação do Real Madrid diante do rival Barcelona.

LEIA TAMBÉM: Cristiano Ronaldo faz jogada de efeito e gera polêmica na Espanha

Do lado francês, a vitória por 3 a 1 sobre o Nancy no campeonato nacional encheu o time de confiança para enfrentar o Real Madrid, que tem desvantagem no confronto direto. Segundo o meia brasileiro Ederson, que retornou justamente nessa vitória, o retrospecto não interfere no desafio desta terça-feira.

"Será um duelo contra o maior vencedor da competição e um dos melhores planteis do mundo. Já vencemos o Real em outras oportunidades e tentaremos ganhar outra vez. Motivação não faltará. Mas precisamos usar esse fator com inteligência e explorar ao máximo os pontos fortes do nosso grupo. Não podemos bobear, pois seria fatal. Ainda mais levando em conta que do outro lado estarão jogadores do nível de Cristiano Ronaldo e Kaká", comentou o camisa 10.

Dinamo Zabreb e Ajax buscam primeira vitória

Em Maksimir, Croácia, o Dinamo Zagreb recebe o holandês Ajax para tentar conquistar seus primeiros pontos na Liga dos Campeões da Europa. O time do técnico Frank de Boer, ao contrário dos croatas, já tem um ponto conquistado na tabela e sonha com uma vitória fora de casa para entrar na briga pela vice-liderança da chave.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.