Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Inter escalado, torcida pede para Celso Roth ficar

Não há surpresas na escalação. Com contrato terminando no final do Mundial, treinador colorado não sabe se vai permanecer

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882656673&_c_=MiGComponente_C

O Internacional e o Mazembe estão escalados para a partida de daqui a pouco, 14h de Brasília, pela semifinal do Mundial de Clubes no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. O técnico Celso Roth não apresentou surpresas e o time vai com Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kléber; Guinãzu, Wilson Mathias, Tinga e DAlessandro; Rafael Sóbis e Alecsandro. O time da República Democrática do Congo com : Kidiaba; Nkulukuta, Kimwaki, Kasulula e Mihayo; Bedi, Ekanga e Kasongo; Kaluyituka, Singuluma e Kabangu.

Vipcomm
Cerca de 6 mil torcedores brasileiros estão em Abu Dhabi

Já dentro do estádio, a torcida do Internacional tomou a parte central, de frente para as câmeras que farão a transmissão da TV. Bandeiras, faixas e alguns torcedores locais, vestidos de túnicas, se misturavam aos brasileiros. Coreografados, alguns árabes, com bandeirinhas do Inter, agitavam. Foram contratados pela organização do torneio.

A torcida do Mazembe também se juntou à festa dos colorados. Antes do jogo começar, uma bandinha formado por congoleses, que fez sucesso na estreia do time na competição, está no mesmo setor do estádio que abriga os torcedores do Inter.

No telão do estádio, a Fifa passava gols dos mundiais chancelados por ela, a partir de 2000 (com hiato entre 2001 e 2004), Quando surgiu a imagem de 2006, no Japão, delírio dos colorados. Adriano Gabiru marcou o gol do título gaúcho contra o Barcelona.

Por volta das 18h30 local (12h30 de Brasília), a delegação do Internacional chegou ao estádio. Celso Roth logo subiu ao gramado e foi ovacionado: Fica, Celso Roth, fica, Celso Roth,  gritavam os torcedores. O contrato dele é até o final do Mundial. 

Leia tudo sobre: fifafutebol internacionalinternacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG