Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Grêmio na Libertadores, Copa do Brasil terá participação inédita de gaúchos

São José pode herdar a vaga que originalmente pertence ao campeão gaúcho de 2010. Clube seria o 15º do Rio Grande do Sul no torneio da CBF

Altair Santos, especial para o iG |

Se existe um clube gaúcho torcendo fervorosamente para que o Grêmio obtenha vaga na Copa Libertadores, esse é o São José. A equipe de Porto Alegre, mais conhecida como Zequinha no Rio Grande do Sul, pode conquistar o direito de disputar pela primeira vez a Copa do Brasil se o time do estádio Olímpico se classificar para o torneio intercontinental. 

O São José, que fará 100 anos em 2013, foi quarto colocado no Campeonato Gaúcho. A competição garante duas vagas na Copa do Brasil, que, teoricamente, seriam do campeão e do vice. O vencedor de 2010 foi o Grêmio, e o segundo colocado, o Internacional, que venceu a Libertadores e já estar na competição da Conmebol do ano que vem. Assim, abriu uma vaga para o Caxias.

Agora, se o Grêmio também for para a Libertadores, o São José, a exemplo do Caxias, também garantiria presença no torneio da CBF. Na expectativa de confirmar a vaga, a diretoria do São José já definiu o técnico para 2011. Será Itamar Schüller. O clube, no entanto, aguarda para fazer contratações. Segundo o presidente José Paulo Conceição, se a Copa do Brasil vier, o investimento em reforços será um; se não vier a vaga, os gastos serão mais modestos.

Outra vaga do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil sairá da Copa Federação Gaúcha de Futebol e já tem dono: é do Cerâmica, que vai decidir a competição contra o time B do Internacional. O clube de Gravataí (região metropolitana de Porto Alegre) também está garantido na Série D do Campeonato Brasileiro de 2011.

Caso a presença do São José na Copa do Brasil se concretize, será o 15º clube gaúcho a disputar o torneio da CBF. Internacional e Grêmio têm 18 participações cada um, seguidos de Juventude, com 13, e Caxias, com 7. Ulbra e 15 de Novembro tem três e duas, respectivamente, enquanto São Gabriel, Esportivo de Bento Gonçalves, Guarani de Venâncio Aires, Novo Hamburgo, Veranópolis, Pelotas, Ypiranga de Erechim e Cerâmica têm uma participação cada um.

Com quatro títulos do Grêmio, um do Internacional e um do Juventude, o futebol gaúcho é o segundo que mais venceu a Copa do Brasil ¿ perde apenas para São Paulo, com sete conquistas. O Grêmio, ao lado do Cruzeiro, é o clube com mais títulos. É também a equipe que mais tem vice-campeonatos, três, junto com o Flamengo. A dupla Gre-Nal é a que mais tem chances de títulos, mas, mesmo sem ela, o futebol gaúcho estará bem representado por Caxias, São José e Cerâmica, avalia Diogo Rimoli, gerente do departamento de futebol profissional da FGF.

Leia tudo sobre: copa do brasilcopa libertadoresgrêmiointernacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG