Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gols nos acréscimos, Brasil vira sobre Holanda no Pacaembu

Agora com seis pontos, o Brasil enfrenta na próxima quarta-feira o Canadá, às 22h, precisando de um empate para se classificar. Assista aos gols

Gazeta Esportiva |

Tudo parecia feito para um show do Brasil, domingo de sol, Pacaembu com razoável presença de público, e a melhor jogadora do mundo em campo. Porém, num duelo equilibradíssimo, o Brasil só conseguiu nos acréscimos a vitória por 3 a 2 sobre a Holanda, que há três dias havia sido goleada pelo Canadá por 5 a 0. Os gols brasileiros foram marcados por Marta (2) e Gabriela, enquanto as holandesas marcaram com Kirsten van de Ven e De Ridder.

Agora com seis pontos, o Brasil enfrenta na próxima quarta-feira o Canadá, às 22h, precisando de um empate para se classificar, enquanto as holandesas, sem nenhum ponto e eliminadas do Torneio Cidade de São Paulo, encaram o México, às 19h45.

Assista aos gols da vitória brasileira no Pacaembu

O jogo
A partida começou com o Brasil já mostrando a sua superioridade, com marcação forte no meio-campo. A primeira grande chance veio com Marta, aos sete minutos, que bateu falta da intermediária para boa defesa da goleira holandesa Geurts. Três minutos mais tarde, saiu o gol brasileiro.

Thaís aproveitou bobeira da goleira adversária, roubou a bola e tocou para Marta, que, com muita tranquilidade, viu a zagueira não alcançar e só empurrou a redonda para dentro do gol.

Depois de abrir a vantagem, a seleção jogou mais tranquila, dando espaço para a genialidade de Marta aparecer. A meio-campista dava belos dribles no ataque e conseguia aplausos da torcida.

Porém, com o relaxamento da equipe, dois sustos calaram por alguns instantes os espectadores. Primeiro em rebatida na área, que a zaga brasileira conseguiu afastar. Mesmo com o ritmo do duelo aumentando, a zaga brasileira continuava a dar calafrios nos presentes.

Em mais uma bobeira, Formiga errou o passe na saída de bola, Alinne estava mal posicionada e acabou dando condições para a atacante Kirsten van de Ven, que mostrou calma e habilidade para tocar sem chances para Thais Oicarte. Festa da pequena torcida holandesa presente ao Pacaembu.

Ainda antes do fim, dois lances de perigo em escanteios para o Brasil e um quase gol das holandesas, salvo pela goleira brasileira, ao cortar lindo lance de Kirsten. Para fechar, Marta fez grande lance e bateu da entrada da área, para boa defesa da arqueira rival.

No segundo tempo, mais ação, principalmente no campo holandês. Geurts fez excelente defesa em chute de Thaís, logo aos 2 minutos. Porém, numa bobeira da zaga brasileira, aos 14 minutos, De Ridder roubou a bola e bateu rasteiro da entrada da área, colocando a Holanda à frente no placar.

Com o time nervoso e a torcida chiando, o Brasil parecia ter problemas na partida. Foi aí que apareceu a melhor do mundo. Após bom lançamento de Formiga, Grazi dominou e cruzou na medida para Marta, que mesmo muito mais baixa que as zagueiras adversárias, cabeceou e empatou o confronto.

Com cada vez mais tensão, o jogo ganhou ares dramáticos. Aos 33, após bate rebate na área, Geurts travou chute de Formiga na pequena área, e evitou a virada brasileira. Depois do lance, muita confusão, cartão amarelo para a jogadora holandesa que ficou no chão e tiro livre indireto para a seleção, mesmo com muita reclamação das rivais.

Na cobrança, Marta bateu na muralha holandesa e a bola ficou perambulando na pequena área, até que a zaga afastou. Depois, mais pressão, com a seleção esbarrando no nervosismo. Aos 44, Spitze fez falta feia e foi expulsa. Na cobrança, Marta bateu ao lado do gol adversário. Antes do fim, porém, Daiane fez excelente jogada e tocou para o meio. Geurst espalmou e a bola ficou limpa para Gabriela bater e marcar o gol da emocionante virada.

Leia tudo sobre: futebol feminino

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG