Resultado faz com que equipe pernambucana chegue aos oito pontos e ultrapasse o rival na classificação

O Salgueiro aproveitou o mando de campo e bateu o Goiás , no estádio Ademir da Cunha, por 2 a 0, em jogo da sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols do clube pernambucano foram marcados pelo lateral direito Marcos Tamandaré e pelo atacante Fabrício Ceará , ambos de pênalti.

O Goiás teve a oportunidade de abrir o placar no começo do primeiro tempo, também em um pênalti. Mas, Rafael Tolói bateu mal e o goleiro Marcelo conseguiu fazer a defesa.

O triunfo faz com que o Salgueiro chegue aos oito pontos, ultrapassando o clube goiano, que parou nos seis. A derrota deverá aumentar ainda mais a turbulência no Goiás, que já viu Kléber Guerra, gerente de futebol do clube, fazer duras críticas quanto ao desempenho da equipe na Série B.

Na próxima rodada, o Goiás tentará a recuperação contra a Portuguesa , que vem de goleada sobre o Bragantino , por 5 a 0. O Salgueiro, por sua vez, tenta outro triunfo contra o Americana , no estádio Décio Vitta.

Marcos Tamandaré comemora gol marcado na vitória do Salgueiro
Futura Press
Marcos Tamandaré comemora gol marcado na vitória do Salgueiro
O jogo

Com o gramado ruim, a partida começou sem grandes chances, e o Goiás passou a tentar controlar a posse de bola a partir dos dez minutos. Assim, os visitantes tentavam colocar pressão sobre o time da casa. Aos 18, a equipe conseguiu um pênalti: após escanteio cobrado da esquerda, Tolói foi agarrado por Henrique dentro da área. Ernando ainda desviou para o gol, mas o árbitro Antônio Hora Filho já havia marcado a penalidade.

Sob os gritos da torcida de "Uh, vai perder", Rafael Tolói se preparou para cobrar. O defensor escorregou na batida, e facilitou a vida do goleiro Marcelo, que fez a defesa no canto direito baixo.

Com isso, o Salgueiro passou a aumentar o ritmo, mas pecava nas finalizações. Então, aos 38 minutos, a equipe pernambucana teve a chance de abrir o placar: Zé Antônio agarrou o jogador do Salgueiro dentro da área, e o juiz assinalou a penalidade.

O experiente lateral Marcos Tamandaré bateu firme, de perna direita, sem chances para Harlei, abrindo o placar no Ademir Cunha. Próximo aos 45 minutos, Oziel ainda perdeu uma grande chance, com o gol aberto, de empatar a partida em Paulista.

O Goiás seguiu mal no segundo tempo. Aos nove minutos, Mateus tentou cruzar, mas a bola foi direto para o gol, acertando o travessão de Harlei. Mesmo com as alterações de Artur Neto, o ataque goiano seguia inoperante, e não conseguia criar chances de perigo. O Salgueiro tentava assustar nos contra-ataques e esteve próximo do segundo aos 44 da etapa final.

Edmar foi lançado livre, mas Harlei saiu bem. Na sequência, Mateus, de fora da área, obrigou o experiente goleiro a praticar outra bela defesa, para evitar o segundo. Mas, aos 45, Harlei não teve o que fazer. Em novo pênalti marcado para o Salgueiro, o atacante Fabrício Ceará, que entrara no decorrer do jogo, bateu com cavadinha, para definir a vitória da equipe pernambucana.

FICHA TÉCNICA
SALGUEIRO 2 X 0 GOIÁS

Local: Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE)
Data: 18 de junho de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Antônio Hora Filho
Assistentes: João Carlos de Jesus Santos e Izac Marcio da Silva Oliveira

GOLS: Salgueiro: Marcos Tamandaré, aos 38 do primeiro tempo e Fabrício Ceará, aos 45 do segundo tempo

SALGUEIRO: Marcelo; Marcos Tamandaré, Alemão, Henrique e Josa; Pio, Diego Paulista (Edu Chiquita), Mateus e Edmar (Robertinho); Fagner e Fernando (Fabrício Ceará).
Técnico: Neco

GOIÁS: Harlei; Rafael Tolói (Valmir Lucas), Ernando e Marcão; Oziel, Carlos Alberto, Zé Antônio (Marcelo Costa), Diniz (Valdir Filho) e Valdir Lima; Felipe Amorim e Hugo.
Técnico: Artur Neto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.