Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com golaço, Japão bate Suécia e vai à final pela primeira vez

Surpresa asiática conseguiu vencer a semifinal por 3 a 1 e agora vai enfrentar os Estados Unidos

Gazeta |

Depois de surpreender a anfitriã e bicampeã Alemanha, nas quartas de final, o Japão fez mais uma vítima na Copa do Mundo de Futebol Feminino. As japonesas bateram a Suécia por 3 a 1, de virada, e chegaram, pela primeira vez, à final da competição.

A seleção sueca saiu na frente, com um gol de Oqvist, aos dez minutos. O Japão empatou ainda na primeira etapa, com Kawasum e virou, aos 15 do segundo tempo, com Sawa. Três minutos depois, Kawasumi fez um lindo gol, ao chutar da intermediária, encobrindo a goleira Lindahl e deu números finais à partida.

No sábado, em Frankfurt, as japonesas fazem a inédita final com os Estados Unidos, que venceram a França também por 3 a 1. Antes, na sexta-feira, a Suécia encara a seleção francesa, em Sinsheim, pela disputa do terceiro lugar.

O jogo
A partida começou bastante equilibrada, com as duas equipes se estudando. Ambas marcavam forte e o duelo chegou a ficar truncado no meio de campo. No entanto, passada a ansiedade inicial, a Suécia foi se soltando no jogo e amadurecendo seu gol.

E então, aos dez minutos, Oqvist aproveitou vacilo na saída de bola japonesa, roubou a bola e invadiu a área, chutando no ângulo esquerdo e inaugurando o placar em Frankfurt.

O gol acordou o Japão, que partiu ao ataque em busca do empate. A equipe, porém, abusava dos lançamentos longos e não conseguia chegar com perigo à meta adversária. Quando começaram a tocar a bola, as japonesas acuaram a Suécia e passaram a dominar a partida.

E após uma boa troca de passes, que saiu o gol de empate japonês. Miyama recebeu de Ohno pela esquerda e cruzou de primeira. Kawasumi, na segunda trave, dividiu com a zaga e empurrou para o fundo da rede, aos 18 minutos.

AFP
Kawasumi comemora gol do empate japonês no jogo contra a Suécia

Melhor no jogo, o Japão teve duas boas chances para virar o jogo, mas parou na goleira Lindahl, que trabalhou bem ao defender chute de Kawasumi e de Miyama.

Na segunda etapa, as japonesas continuaram melhores e assustaram logo no primeiro minuto, quando Ohno encobriu Lindahl, mas mandou no travessão. A virada do Japão veio aos 15, com Sawa, de cabeça, aproveitando falha da goleira sueca.

A vitória japonesa foi sacramentada três minutos depois, com um golaço. Ando é lançada e a goleiro Lindahl sai do gol para fazer o corte. Kawasumi pegou a sobra e, da intermediária, mandou por cobertura para as redes.

Leia tudo sobre: futebol femininoCopa 2011 feminina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG