Além do belo tento, atacante brasileiro deu uma assistência no triunfo por 3 a 0 pelo Campeonato Italiano

Em disputa direta pela liderança do Campeonato Italiano, o Milan chegou à sua terceira vitória consecutiva na competição nesta segunda-feira, ao vencer o Napoli por 3 a 0, em San Siro. O placar da partida foi aberto pelo sueco Zlatan Ibrahimovic , aos quatro minutos do segundo tempo, após pênalti polêmico assinalado pela arbitragem. Mais tarde, o brasileiro Alexandre Pato fez boa jogada pela esquerda e serviu Kevin-Prince Boateng na grande área. Para definir o placar, Pato arrancou com a bola desde o meio de campo e acertou lindo chute no ângulo esquerdo do goleiro De Sanctis.

Com a vitória, o Milan chegou aos 58 pontos e abriu seis do Napoli, que agora ocupa a terceira colocação, com 52. Um ponto à frente, a Inter de Milão, que venceu a Sampdoria no último domingo, assumiu definitivamente a vice-liderança do Calcio .

No duelo desta segunda-feira, que era aguardado pela importância na classificação, o Milan foi melhor desde o primeiro tempo, mas não conseguiu ser eficiente na primeira etapa. Depois do intervalo, com o primeiro gol marcado ainda muito cedo, os rossoneros aproveitaram o desespero dos adversários e definiram o placar em dois lances com participação de Alexandre Pato.

Na próxima rodada, o Milan fará um clássico contra a Juventus em Turim. Já o Napoli tentará a reabilitação contra o vice-lanterna Brescia, em Nápoles. Ambos os jogos serão no sábado.

O jogo
Mais uma vez apostando no trio ofensivo formado pelo sueco Ibrahimovic e pelos brasileiros Alexandre Pato e Robinho, o Milan aproveitou o mando de campo e começou a partida pressionando o Napoli. No entanto, em noite pouco inspirada, os principais destaques rossoneros se mostraram apagados na primeira etapa.

Se movimentando bastante, Pato era o jogador mais ativo do Milan, abrindo espaços pelo lado esquerdo. Já o outro brasileiro, Robinho, não estava nos seus melhores dias, errando passes e atrapalhando algumas jogadas ofensivas da equipe.

Apesar do domínio do Milan, o primeiro tempo acabou sem grandes chances de gol para ambos os lados. Aos 33 e aos 34 minutos, Van Bommel e Jankulovski , quase marcaram, mas pararam na zaga do Napoli. Aos 40, Pato aproveitou sobra e bateu para o gol, mas Aronica salvou em cima da linha.

Na volta para a segunda etapa, o Milan abriu o marcador logo aos quatro minutos, em lance polêmico. Após bate-rebate na grande área, Ibrahimovic fez falta, mas o juiz mandou a jogada seguir. Na sequência, Aronica disputou bola com Pato e Flamini, desviou a bola com a mão e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Ibrahimovic bateu forte no canto direito para marcar o primeiro gol da partida.

Aliviado com o gol marcado, o Milan seguiu criando oportunidades para marcar, mas acabou parando na boa atuação do goleiro De Sanctis, que defendeu finalizações de Pato e Robinho nos minutos seguintes.

No entanto, o arqueiro não conseguiu segurar por muito tempo o talento de Alexandre Pato. Aos 31 minutos, o brasileiro arrancou pela esquerda, invadiu a área e tocou com consciência para Kevin-Prince Boateng, que havia entrado no lugar de Robinho, definir para as redes.

Três minutos depois, Pato decidiu definir sozinho a jogada. Em linda arrancada, o atacante recebeu antes do meio de campo, chegou perto da grande área, enganou dois marcadores e acertou um lindo chute colocado no ângulo esquerdo do goleiro De Sanctis.

Nos minutos finais, a torcida do Milan gritou "Olé" a cada toque da equipe e comemorou a manutenção da liderança do Campeonato Italiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.