Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol no fim, Lusa bate Salgueiro e conta os dias para subir

Treinador da Lusa, Jorginho acredita que uma vitória na próxima rodada garante o acesso, mesmo que a matemática ainda não confirme

Gazeta |

AE
Marcelo Cordeiro comemora seu gol diante do Salgueiro
Um gol de Raí, aos 44 minutos do segundo tempo, definiu a 17ª vitória da Portuguesa em 29 jogos na Série B. A vítima desta sexta-feira foi o Salgueiro, que perdia até os 40 minutos da etapa final e comemorava o gol de empate quando os paulistas decretaram os 2 a 1 na Ilha do Retiro.

Com o triunfo, a líder Portuguesa pula para 60 pontos e abre 11 de vantagem em relação à vice-líder Ponte Preta, que recebe o Sport neste sábado. A distância para o quinto colocado, o Boa-MG, que enfrenta o Americana, é de 15 pontos.

Na próxima rodada, a 30ª da Segundona, a Portuguesa recebe o Boa-MG. Nas contas do técnico Jorginho, uma vitória nesta partida já garante o acesso, mesmo sem a garantia matemática. O Salgueiro, que tem 25 pontos e é o vice-lanterna, jogará longe de seus domínios contra o Criciúma.

O jogo - O Salgueiro fez valer o mando de campo no primeiro tempo e pressionou. No entanto, as redes não balançaram. A melhor chance aconteceu logo aos sete minutos, quando Josi matou no peito com estilo e acertou o travessão em chute forte. Aos 37 minutos, a oportunidade surgiu em chute de longe de Renê que foi defendido com dificuldade pelo goleiro Weverton.

Aos 44 minutos da etapa inicial, os refletores da Ilha do Retiro se apagaram. O jogo ficou parado por 26 minutos e o problema parece ter afetado a equipe da casa, que não voltou bem para o segundo tempo. Aos quatro minutos, na primeira finalização da Lusa, Luciano fez boa defesa em chute de Edno. No lance seguinte, o meia tocou por cima do goleiro e viu Marcelo Cordeiro, em cima da linha, empurrar para o fundo do gol.

Os visitantes recuaram e viram o Salgueiro dominar a posse de bola, mesmo que não criasse muitas chances claras. Aos 40 minutos, aconteceu o que seria um doloroso castigo para os rubro-verdes: após escanteio da esquerda, Alexandre cabeceou, a bola desviou em Luís Ricardo e matou Weverton, decretando a igualdade.

No lance seguinte, Edmar aproveitou falha de Mateus, invadiu a área pela esquerda e só não virou o jogo porque Weverton fez linda defesa.

Eletrizante, o jogo continuou emocionante e foi decidido por Raí, aos 44. O jogador, que entrou na segunda etapa, recebeu livre e tocou na saída do goleiro para garantir a vitória. Pouco depois, Josa perdeu a cabeça, empurrou Henrique e foi expulso, deixando o Salgueiro com um a menos nos segundos finais.

FICHA TÉCNICA
SALGUEIRO 1 x 2 PORTUGUESA

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 7 de outubro de 2011 (sexta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: José Chaves Franco Filho (RS) e Carolina Romanholi Melo (CE)
Cartões Amarelos: Piauí e Pio (Salgueiro); Ananias e Henrique (Portuguesa)
Cartão Vermelho: Josa (Salgueiro)

Gols:
PORTUGUESA: Marcelo Cordeiro, aos cinco, e Raí, aos 43 minutos do segundo tempo.
SALGUEIRO: Alexandre, aos 40 minutos do segundo tempo

SALGUEIRO: Luciano; Thoni, Sérgio Rafael, Alexandre e Piauí; Renê (Alex Gaibu), Pio, Josa e Clébson; Ricardinho (Edmar) e Josi (Fabrício Ceará)
Técnico: Neco

PORTUGUESA: Weverton; Luís Ricardo, Rogério, Mateus (Leandro Silva) e Marcelo Cordeiro; Guilherme, Boquita, Henrique e Junior Timbó (Cleyton); Ananias (Raí) e Edno
Técnico: Jorginho

Leia tudo sobre: série b 2011portuguesasalgueiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG