Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol no fim, Juanfran salva Atlético de derrota para o Rennes na França

Time espanhol jogou fora de casa e contou com gol marcado aos 42 minutos do segundo tempo para conseguir um ponto na Liga Europa

Gazeta |

AFP
Diego em ação pelo Atlético de Madri contra o Rennes, pela Liga Europa
Atuando fora de casa, o Atlético de Madri sofreu, mas conseguiu um empate com o Rennes, por 1 a 1. Com o brasileiro Diego e o atacante colombiano Falcao García sem grande destaque, coube a Juanfran, que entrou no decorrer da partida, salvar a equipe madrilenha do primeiro revés nesta Liga Europa.

Após vencer o Celtic, na estreia em casa do Grupo I, o Atlético perdeu a oportunidade de seguir 100% na chave, e agora tem quatro pontos ganhos, assim como a Udinese, que ficou no 1 a 1 com a equipe escocesa, também nesta quinta.

O desempate na chave deverá acontecer apenas no dia 20 de outubro, quando o Rennes, novamente em casa, recebe o Celtic, enquanto a Udinese, na Itália, recebe o Atlético de Madri.

AFP
Atlético de Madri e Rennes duelaram pela Liga Europa na França

O jogo
Com o apoio de seus torcedores, o Rennes começou tentando apertar seu rival, mas sem criar grandes chances contra o gol de Courtois. Com os dois times atuando de forma cautelosa, demorou para acontecer a primeira chance de real perigo.

Aos 21 minutos, Turan fez boa jogada pela direita. O turco trouxe da direita para o meio e chutou firme, obrigando Costil, goleiro do Rennes, a fazer boa defesa com os pés. Com esta oportunidade, o time de Madri passou a jogar melhor, mas não gerava novas oportunidades.

No final da primeira etapa, inclusive, foram os donos da casa que assustaram, criando três boas chances com Kembo, duas vezes e Montano. Apesar disso, as duas equipes foram para o vestiário com o placar inalterado.

O Rennes voltou melhor no segundo tempo, e passou a pressionar o Atlético de Madri. Dalmat, de longe, obrigou Courtois a fazer bela defesa, evitando o primeiro dos donos da casa. Aos 10, porém, o arqueiro belga não teve o que fazer: Montano arriscou de longa distância, e a bola ainda desviou em um defensor, antes de morrer no canto alto direito do gol atleticano.

O tento animou as equipes, e na sequência Falcao García tentou empatar, mas o goleiro Costil fez a defesa. Pouco depois foi a vez de Diego, que também esbarrou no camisa 1 do Rennes, conseguindo apenas um escanteio.

Aos 41 minutos, Salvio deu amostras de que o Atlético ainda não havia se entregado. No lance seguinte, veio o empate: em cobrança de escanteio, a defesa do Rennes acompanhou a movimentação de Falcao García, deixando Juanfran livre na segunda trave. Assim, o jogador do Atlético não perdoou e pegou firme, para definir o resultado na França: 1 a 1.

Leia tudo sobre: liga europa 2012espanhafrançafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG