Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol e pênalti perdido de Neymar, Santos avança no sufoco

Equipe santista empata por 1 a 1 com o Once Caldas e garante a classificação para a semifinal da Libertadores

Samir Carvalho, iG São Paulo |

O Santos empatou por 1 a 1 com o Once Caldas nesta quarta-feira, no Pacaembu, e garantiu a classificação para a semifinal da Copa Libertadores da América de forma dramática. Apesar de jogar melhor que os colombianos, a equipe santista não marcou o segundo gol, viu Neymar perdeu um pênalti no final da partida, e conseguiu a vaga com um gol do camisa 11 marcado no início do jogo. 

Sem Jonathan lesionado, Muricy deslocou Danilo para a lateral-direita e iniciou o jogo com o meio-campo que atuou contra o Corinthians na decisão do Campeonato Paulista: Adriano, Arouca, Elano e Alan Patrick. No entanto, Patrick sentiu uma lesão muscular aos 12 minutos do primeiro tempo e deixou o campo para a entrada de Pará. Com isso, Danilo voltou para o meio-campo e Pará entrou para jogar na lateral. 

A partida também ficou marcada pela atuação de Zé Eduardo, que foi bastante vaiado pela torcida santista devido à sequência de gols desperdiçados. O atacante, que não marca um gol há 12 partidas, teve que ser substituído por Keirrison na segunda etapa. 

Após o duelo contra o Once Caldas, o Santos fará sua estreia no Campeonato Brasileiro, diante do Internacional no próximo sábado, na Vila Belmiro. Já pela Libertadores, a equipe santista jogará na próxima quarta-feira contra o vencedor de Cerro Porteño e Jaguares, que se enfrentam nesta quinta-feira, no Paraguai. No jogo de ida, as duas equipes empataram por 1 a 1. 

O jogo
A partida começou com muita marcação de ambos os times no meio-campo. Apesar de entrar em campo precisando da vitória, o Once Caldas iníciou o jogo apostando nos contra-ataques e apenas com Renteria atuando isolado na frente. Já o Santos procurava o gol, que não demorou muito para sair. Aos onze minutos, Neymar pegou o rebote da zaga colombiana na entrada da área e chutou forte no canto direito para abrir o marcador. 

Aos 12 minutos, Alan Patrick sentiu uma lesão muscular e deixou o campo para a entrada de Pará. Sendo assim, Muricy deslocou Danilo para o meio-campo e Pará entrou na lateral-direita. 

Gazeta Press
Neymar comemora gol do Santos ao lado de Elano
O time colombiano continuava priorizando o sistema defensivo mesmo precisando marcar dois gols para se classificar. Desta forma, o Santos quase ampliou o marcador. Elano recebeu passe de Neymar e arriscou um chute forte de fora da área, a bola passou muito perto do travessão. 

Apesar de dominar o jogo, o Santos sofreu um gol de bola parada. Aos 29 minutos, Cuero cobrou falta da esquerda, a bola desviou em Mirabaje e sobrou para Renteria, que chutou rasteiro na pequena área para empatar o jogo. Depois de sofrer o gol, o Santos ameaçou uma pressão para cima dos colombianos. Aos 37 minutos, Neymar recebeu livre dentro da área e chutou cruzado e Zé Eduardo não alcançou a bola na pequena área. No último minuto do primeiro tempo, Elano cobrou falta da entrada da área e a bola passou perto da trave. 

O Santos voltou para a segunda etapa jogando em velocidade e buscando o segundo gol. Com apenas um minuto, Elano deixou Zé Eduardo livre dentro da área, o atacante teve tempo de dominar a bola, mas finalizou para fora e perdeu um gol incrível. Dois minutos depois, a bola sobrou novamente para Zé Eduardo, que errou o chute e irritou os torcedores no estádio. 

Bastante vaiado pela torcida, Zé Eduardo foi substituído por Keirrison aos 22 minutos da segunda etapa. O time da Vila Belmiro continuava pressionando o Once Caldas, que apostava no contra-ataque para buscar o gol da classificação. As duas equipes buscavam o ataque, mas não conseguiam criar uma boa oportunidade na reta final do jogo. 

No entanto, no final da partida, Neymar fez boa jogada individual na linha de fundo e foi derrubado pelo zagueiro. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o camisa 11 chutou no canto direito do goleiro Martinez, que defendeu o chute do atacante. O Once Caldas ainda teve uma falta na entrada da área, mas não aproveitou a oportunidade. Desta forma, o empate por 1 a 1 classificou o Santos para a semifinal da competição continental.

Milton Trajano
Muricy se surpreende com bilhete do técnico adversário
FICHA TÉCNICA – SANTOS 1 X 1 ONCE CALDAS (COL)

Estádio:
Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 18/5/2011 - 22h
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Auxiliares: Francisco Mondria (CHI) e Juan Maturana (CHI)
Cartões amarelos: Moreno e Henríquez (Once Caldas); Arouca e Rafael (Santos)
Público: 33.385 pagantes
Renda: R$ 1.347.235

Gols:
Santos – Neymar aos onze minutos do primeiro tempo
Once Caldas – Renteria aos 19 minutos do primeiro tempo

SANTOS:
Rafael, Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo (Alex Sandro); Adriano, Arouca, Elano e Alan Patrick (Pará); Neymar e Zé Eduardo (Keirrison). Técnico: Muricy Ramalho

ONCE CALDAS: Luis Martínez, Palacios, Amaya, Henríquez e Nuñez; Cuero (Pajoy), Mejia, Carbonero e Mirabaje (Henao); Moreno e Rentería.


 

Leia tudo sobre: santoscopa libertadores 2011Once CaldasNeymar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG