Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol de Loco Abreu, Botafogo bate o Cruzeiro em Sete Lagoas

Atacante voltou ao time depois de disputar a Copa América e garantiu os três pontos diante do Cruzeiro

Victor Martins e Renan Rodrigues, iG Esporte |

nullCruzeiro e Botafogo se enfrentaram na Arena do Jacaré para uma disputa direta, afinal de contas estavam em campo o sexto e oitavo colocados do Campeonato Brasileiro , separados por apenas um ponto. Melhor para o time carioca, que estava na frente do rival e venceu a partida, com gol de Loco Abreu, que estava de volta depois de jogar a Copa América . Com o resultado, o Botafogo encostou no G4 e pode terminar a próxima rodada entre os primeiros colocados.

Já o Cruzeiro de Joel Santana conhece a sua terceira derrota em oito partidas, a primeira dentro de casa. De certa forma o time repetiu um pouco da apatia demonstrada em Goiânia, na rodada anterior, quando perdeu para o Atlético-GO. Com o resultado negativo, o Cruzeiro pode ver os líderes se distanciarem e ainda perder até três posições.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Mas no geral, venceu o time que foi mais eficiente. Tanto Fábio, quanto Jefferson, fizeram poucas defesas. Uma do cruzeirense contra três do botafoguense. Com mais posse de bola, 53%, e eficiente nos desarmes, sete a mais, o Botafogo fez por merecer a sua segunda vitória consecutiva. Agora, outro desafio longe de casa, contra o Figueirense. Já o Cruzeiro recebe o embalado Flamengo, nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré.

O jogo
O primeiro tempo foi lento e com duas equipes fechadas. Embora com dois atacantes, o que não havia ocorrido nas rodadas anteriores, o Cruzeiro não conseguia entrar na área adversária. Tanto que o primeiro lance de perigo foi somente aos 19 minutos, quando o meia Montillo fez boa jogada e chutou para grande defesa de Jefferson. A resposta botafoguense foi minutos depois, quando Elkeson não teve calma para fazer o gol e parou no goleiro Fábio. O rebote ainda foi perdido por Maicosuel, que chutou por cima do gol.

Dependendo apenas das jogadas individuais de Montillo, o Cruzeiro sofria com a forte marcação do Botafogo em seu camisa 10. O argentino lutou, tentou, mas sempre estava cercado por pelo menos dois adversários. Assim, o Cruzeiro não conseguiu produzir. Já o Botafogo tentava nos contra-ataques, mas Herrera perdeu a melhor oportunidade, ao chutar para fora, aos 44 minutos.

O Cruzeiro voltou com Roger no segundo tempo, para tentar auxiliar Montillo na criação de jogadas. Nos primeiros minutos o Cruzeiro conseguiu chegar, mas na melhor oportunidade o atacante Ortigoza pisou na bola dentro da área. Então foi questão de tempo para o Botafogo acertar a marcação novamente e anular o time de Joel Santana.

Seguro na defesa, o Botafogo definiu o jogo aos 11 minutos, com um belo chute de Loco Abreu, em mais um contra-ataque. A partir de então o Cruzeiro passou a ter mais posse de bola. O time celeste encurralou o Botafogo, mas o goleiro Jefferson não fez mais nenhuma grande defesa. Enquanto o Botafogo esteve perto do segundo gol, em novo contra-ataque. Porém Herrera chutou para fora.

Se a torcida do Cruzeiro seguia empurrando o time, apesar da vitória, tudo mundo aos 27 minutos, quando Joel Santana sacou Fabrício para a entrada do atacante Reis. O treinador foi chamado de burro e os incentivos viraram gritos de protesto. O que já estava bom para o Botafogo ficou melhor ainda. O time de Caio Júnior teve calma e sabedoria para garantir o resultado. Agora o Botafogo tem 22 pontos e está na porte do G4.

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG
Data: 30 de julho de 2011, sábado
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Renda: R$ 128.852,50
Público: 7.821 pagantes
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Júlio César Rodrigues Santos (RS)
Cartões Amarelos: Gil (CRU); Cortês (BOT)

GOLS:
BOTAFOGO:
Loco Abreu, aos 11 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Gil, Naldo e Gilberto (Roger); Leandro Guerreiro, Fabrício (Reis), Everton e Montillo; Ortigoza (Sebá) e Wallyson.
Técnico: Joel Santana.

BOTAFOGO: Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Gustavo e Cortês; Marcelo Matos, Renato, Maicosuel e Elkeson (Léo); Herrera (Felipe Menezes) e Loco Abreu.
Técnico: Caio Júnior.

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Botafogo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG