Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol de Kleber, Palmeiras vence o Santos e assegura liderança

Defesa do Palmeiras venceu disputa contra os atacantes do Santos, e Kleber marcou o único gol do clássico

Samir Carvalho, iG Santos |

nullO atacante Kleber marcou o único gol do clássico e o Palmeiras venceu o Santos por 1 a 0 neste domingo, na Vila Belmiro, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista. Neymar e companhia não superaram a melhor defesa da competição, e a equipe de Felipão assegurou a liderança do Estadual, chegando aos 38 pontos.

Apesar da pressão do Santos, a defesa do Palmeiras chamou a atenção mais uma vez pela eficiência e segurou o adversário, o melhor da competição. Embora os santistas tenham sido mais perigosos durante o jogo, além do gol de Kleber, o time de Felipão chutou duas bolas na trave. O volante Marcos Assunção foi o responsável por acertar a trave de Rafael nas duas oportunidades.

Além disso, a arbitragem anulou dois gols na partida. Aos 15 minutos do segundo tempo, o santista Danilo fez o gol na saída de Deola, enquanto o Palmeiras respondeu três minutos depois com Thiago Heleno, que desviou a bola para o gol após cobrança de falta, mas os dois lances estavam em posição irregular.

Antes do jogo começar, a expectativa era sobre a participação do atacante Maikon Leite no clássico. O jogador chegou a ser relacionado para o jogo, mas cortado do banco de reservas pelo técnico Marcelo Martelotte. O atleta assinou um contrato por cinco temporadas com o Palmeiras e ficará na Vila Belmiro até o dia 23 de junho, quando vence seu vínculo com o Santos.

Após o clássico, o Santos joga contra o Colo Colo na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada da Copa Libertadores da América. Pelo Campeonato Paulista, os santistas jogarão no próximo domingo contra o Americana, fora de casa. Já o Palmeiras volta a campo apenas no domingo, quando jogará contra o Grêmio Prudente, pelo 18ª rodada do Paulista.

O jogo
A partida começou bastante movimentada. Antes dos cinco minutos iniciais, os jogadores do Santos pediram dois pênaltis para a arbitragem. No primeiro lance, Elano invadiu a área, mas se jogou após driblar o marcador. Em seguida, Danilo pegou o rebote dentro da área e chutou forte em cima do adversário, mas a bola bateu no braço do zagueiro, e os jogadores do Santos pediram pênalti.

Divulgação/ZDL
Kleber se livra da marcação santista. O atacante do Palmeiras fez o único gol do Jogo
O clima também começou quente entre os atletas. Neymar revidou uma suposta de cotovelada de Kleber e recebeu o cartão amarelo. Na sequência, o camisa 11 do Santos, que demonstrou nervosismo, deu tapa no adversário, mas o árbitro não puniu o atleta com o segundo amarelo.

Com a bola rolando, o Santos começa a dominar a partida. Elano cruzou na entrada da pequena área e Ganso cabeceou para fora. Os santistas voltaram a assustar o gol do Palmeiras em cobrança de falta. Elano bateu forte para boa defesa de Deola. O Palmeiras tentava ameaçar a defesa santista, mas não conseguia concluir a gol. Já o Santos mostrava mais perigo quando chegava ao ataque. Aos 33 minutos, Neymar fez uma boa jogada individual e encontrou Zé Eduardo livre dentro da área. O atacante cruzou rasteiro, mas Deola faz boa defesa.

Insatisfeito com o ataque que não finalizava a gol, Felipão sacou Adriano ainda primeiro tempo para a entrada de Luan. O único chute a gol do Palmeiras foi o mais perigoso do jogo no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Marcos Assunção acertou um belo chute de fora da área e bola bateu no travessão.

No entanto, o Santos teve tempo para responder antes do intervalo. Após cruzamento na área, o zagueiro Durval desviou de cabeça e bola passou perto da trave de Deola. Na segunda etapa, o Palmeiras quase abriu o placar novamente com o volante Marcos Assunção. Após Kleber receber falta na entrada da área, o volante cobrou com categoria no canto esquerdo de Rafael e a bola bateu na trave.

O Santos continuava apostando em Neymar para abrir o marcador. O camisa 11 fez uma linda jogada individual e encontrou o volante Danilo dentro da área. O santista fez o gol na saída de Deola, mas a arbitragem marcou impedimento. Três minutos depois, o Palmeiras respondeu no mesmo nível. Marcos Assunção cobrou falta para dentro da área e o zagueiro Thiago Heleno desviou para o gol, mas o atleta estava em posição de impedimento.

Aos 29 minutos, Deola salva o Palmeiras. Ganso cobrou escanteio na cabeça de Durval, que finalizou no canto baixo do goleiro, que fez uma excelente defesa. Apesar da pressão santista, foi o Palmeiras que abriu o marcador. Aos 34 minutos, Patrick deixa Kleber na frente de Rafael. O atacante dominou a bola e chutou no alto de perna direita para fazer o gol. Após o gol do Palmeiras, o Santos não conseguiu reagir e perdeu o clássico jogando em casa.

FICHA TÉCNICA – SANTOS 0 X 1 PALMEIRAS

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 3/4/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogerio Baesteiro
Auxiliares de linha: Luiz Flavio de Oliveira e Raphael Claus
Público: 10.719 mil
Renda: R$ 447.102.82
Cartões amarelos: Neymar, Elano, Adriano e Durval (Santos); Danilo, Cicinho, Rivaldo e Patrick (Palmeiras)

Gols:
Palmeiras – Kleber aos 34 minutos do segundo tempo

SANTOS: Rafael, Pará (Felipe Anderson), Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo (Keirrison).
Técnico: Marcelo Martellote.

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik e Lincoln (João Victor); Adriano (Luan) e Kleber.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.


 

Leia tudo sobre: SantosCampeonato Paulista 2011KleberNeymarPalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG