Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com gol de Cristiane, Brasil vence na estreia do sul-americano feminino

Seleção brasileira goleou a Venezuela por 4 a 0, no torneio que é classificatória para as Olimpíadas de Londres, em 2012

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861430165&_c_=MiGComponente_C

O Brasil derrotou a Venezuela, por 4 a 0, na noite desta sexta-feira, na estreia do Campeonato Sul-Americano feminino, atuando na cidade de Loja, no Equador. Os gols foram marcados por Aline Pelegrini, aos 20 e aos 23 minutos, e Cristiane, aos 41 minutos, todos na etapa inicial; e Renata Costa, aos cinco minutos do segundo tempo.

O time brasileiro, que é comandado pelo técnico Kleiton Lima, esteve sempre no comando das ações, marcando os quatro gols e perdendo uma série de oportunidades. No setor defensivo, a goleira Andreia Suntaque não teve muito trabalho, graças às atuações seguras das zagueiras e volantes brasileiras, que conseguiram brecar as principais ações das jogadoras de ataque da Venezuela.

"Nossa ideia era trabalhar bastante a bola, usando a habilidade das nossas jogadoras e usando as laterais; e, quando fizemos isso, levamos perigo ao gol venezuelano. Creio que as jogadoras tenham sentido um pouco de dificuldade em virtude da altitude, que deixou a bola um pouco mais rápida", analisou Lima, que projetou melhoras após o bom resultado.

"Mas, foi muito importante estrear com uma vitória e a tendência é que o time siga em evolução no decorrer da competição, já que estaremos mais familiarizados com os efeitos da altitude", complementou o treinador brasileiro.

A competição é classificatória aos Jogos Olímpicos de Londres-2012 e a Copa do Mundo. O segundo desafio do Brasil na fase inicial do Sul-Americano será no domingo, em Loja, contra o Uruguai.

"É mais um jogo duro, contra uma equipe que vem crescendo bastante na modalidade. A nossa expectativa é mostrar evolução para sair com mais uma vitória e chegar mais próximo do nosso objetivo, que é a classificação para a fase decisiva", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG