Tamanho do texto

Volante agradece a valorização no Santos, mas não esconde o desejo de atuar no futebol europeu

Uma "novela" parecida com a de Paulo Henrique Ganso, Santos e DIS , braço esportivo do Grupo Sonda, pode estar começando com um novo personagem: o volante Danilo . O atleta, que recebeu uma proposta do Benfica, de Portugal, recusada pela diretoria santista , não esconde o desejo de atuar na Europa. O jogador declarou que não sabe se continua no Santos , agradeceu o clube pela valorização, mas avisou que está pensando em sua independência financeira.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Estou muito feliz de o presidente estar valorizando meu trabalho, mas tenho que visar meu lado pessoal, de independência financeira. Mas a gente ainda vai conversar um pouco mais, fazer da melhor forma possível. Só que, se for para ficar no Santos, vou ficar feliz também”, afirmou o volante, que também interessa ao futebol italiano.

Além de recusar uma proposta do futebol europeu por Danilo, o Santos busca fundos com seus investidores para comprar os 37,5% dos direitos econômicos do lateral, que pertencem a DIS. Como está em rota de colisão com a empresa, o clube também visa comprar os 25% que pertencem ao América-MG. O Santos possui 37,5%, cedidos sem custos pela DIS no início de 2010.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

A multa rescisória do jogador está avaliada em 10 milhões de euros (cerca de R$ 22,6 milhões). O Santos alega que está previsto em contrato, que pode rejeitar ou cobrir proposta que não seja superior a 6,6 milhões de euros (cerca de R$ 14,9 milhões).

"É uma proposta muito boa que recebi. Mas a gente ainda tem muita coisa para resolver. É difícil falar se eu tenho vontade de ficar ou sair. Existe a possibilidade de sair, mas a gente ainda vai conversar. Tenho contrato com o Santos e, enquanto não houver uma coisa boa para todo mundo, eu não penso em sair", disse Danilo.