Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com formação inédita, Corinthians encara o Oeste no Pacaembu

No último jogo antes do clássico contra o São Paulo, time testa seu ataque contra boa defesa do Oeste

Bruno Winckler, iG São Paulo |

A missão do Corinthians para o jogo desta quarta-feira, contra o Oeste, no Pacaembu, é vencer e assim manter-se na briga cabeça a cabeça com o São Paulo pela liderança do Campeonato Paulista até o clássico de domingo, em Barueri.

AE
Jorge Henrique volta ao time depois de cumprir suspensão contra o Americana

E, para conseguir seu objetivo, o Corinthians terá em campo uma formação inédita, jamais utilizada no campeonato. Apesar da novidade, o técnico Tite valoriza a manutenção de um padrão tático, mesmo que com peças diferentes em relação aos outros jogos.

“As posições e as funções estão se repetindo. O desempenho e o padrão durante os jogos vão determinar a entrada de um ou de outro. Não quer dizer que Bruno, Ramírez e Wallace não possam entrar na equipe. As posições e funções estão mais ou menos definidas”, disse o técnico.
 

Jorge Henrique, suspenso na vitória contra o Americana, volta ao time no lugar de Bruno César. Na defesa, Chicão, que retornou ao time no último jogo, permanece na equipe ao lado de Leandro Castán. Tite não tem jogadores machucados com quem se preocupar e esboça neste jogo seu time ideal, com Morais como meia e os três atacantes à disposição: Liedson, Dentinho e Jorge Henrique.

"Taticamente não tem mudança de função (com a saída de Bruno César e entrada de Jorge Henrique). As posições e funções permanecem inalteradas. O que tem é característica de velocidade um pouco maior com Jorge Henrique e um chute de média distância no caso do Bruno", avaliou o técnico.

Tite está preocupado com o sistema defensivo do Oeste, dono da terceira melhor defesa do Paulistão, com apenas dez gols sofridos. Só Corinthians (oito) e Palmeiras (seis) sofreram menos gols que o time de Itápolis, sétimo colocado, com 21 pontos.

“O Oeste joga com três zagueiros, tem um jogador que faz boa ligação. Um ala esquerda de boa qualidade técnica. Está fazendo grande campanha. Tem um sistema defensivo muito equilibrado e isso lhes dá essa boa posição na tabela”, comentou.

Apesar da importância do jogo de domingo, contra o São Paulo, Tite evita falar do clássico antes do jogo contra o Oeste. “Não posso responder tantas perguntas sobre o clássico sem passar pelo jogo anterior, que é o Oeste. O segundo passo é não olhar para frente, porque senão você tropeça no primeiro time”, disse o técnico.

Corinthians e São Paulo têm 31 pontos e dividem a liderança do Estadual. O time do Morumbi tem vantagem no número de vitórias (10 a 9) e também joga nesta quarta-feira. O adversário é o Paulista, de Jundiaí. Tite prefere não projetar os resultados desta rodada e só pensa em ver o Corinthians no mínimo com a mesma pontuação do São Paulo no dia do clássico.

“Não sei (quem tem mais chances de ganhar nesta rodada, São Paulo ou Corinthians), mas uma coisa eu sei. O que está dentro da nossa mão é fazer um grande jogo contra o Oeste, ter consistência, buscar a vitória, consolidar a equipe, jogar em casa pela pressão do resultado. Esse todo é o nosso dever”, disse o treinador.

FICHA TÉCNICA – CORINTHIANS x OESTE

Data:
23 de março de 2011, quarta-feira
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 23/03, nesta quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Marco Antonio Monteiro Bagatella e Mauro André de Freitas

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais e Jorge Henrique; Dentinho e Liedson.
Técnico: Tite.

OESTE: Fábio; Léo Salino, Cris, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano Alves, Dionísio, Márcio Carioca e Roger; Anselmo Ramon e Fábio Santos.
Técnico: Luís Carlos Martins

Leia tudo sobre: corinthianscampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG