Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com empréstimo próximo do fim, Sóbis evita pensar no futuro

Contrato do atacante vai até o meio do ano e diretoria terá de desembolsar R$ 11,5 milhões para mantê-lo

Gazeta Esportiva |

O ano de 2011 começou tarde para Rafael Sóbis. O atacante do Internacional atuou pela primeira vez como titular na temporada neste sábado, 19 de março. Uma lesão muscular retardou sua entrada em campo. Além da frustração de um início tardio, o jogador corre contra o tempo. Seu empréstimo dura até a metade do ano. Ele precisa aproveitar cada oportunidade que aparece para convencer os dirigentes a contratá-lo em definitivo.

Os direitos federativos do atacante estão ligados ao Al-Jazira, dos Emirados Árabes. Para manter Sóbis no Beira-Rio, a equipe de Porto Alegre precisa exercer a opção de compra, fixada em 5 milhões de euros (cerca de R$ 11,5 milhões).

São preocupações que passam longe da cabeça do atleta. O momento é de pensar no presente, um passo de cada vez. Como bom atacante, um gol de cada vez. O pouco tempo para "convencer" a diretoria de sua utilidade no clube não é um problema.

"Não me incomoda. Se acabasse amanhã, talvez, sim. Não penso nisso. Isso pode atrapalhar. Tenho que ver o que de bom que acontece comigo. Tive uma lesão muito difícil. Joguei 90 minutos e não senti. Tenho que pensar nisso e na próxima aproveitar melhor. Pouco a pouco cavar meu espaço no time", explicou Sóbis após o empate por 0 a 0 com o Novo Hamburgo.

As conversas nos bastidores sobre seu futuro são incipientes. Com o Inter seguindo em Porto Alegre na próxima semana, elas devem se intensificar.

"Tivemos um papo, sem entrar muito no assunto. A partir dessa semana vamos dar inicio as negociações. Vamos ver qual a melhor opção", contou o atacante. Revelado na base e bicampeão da Libertadores pelo clube de coração, o seu desejo é óbvio. "Se depender de mim quero ficar. Vamos conversar e tentar o melhor para todo mundo. Quero fazer de tudo para prorrogar e mostrar que posso ser o jogador que fui", afirmou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG