Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com dribles, Negueba mostra a sua utilidade no Fla de Luxemburgo

Esquecido por Luxemburgo, jovem revelação aproveita chance contra o Ceará para exibir o seu repertório

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

De xodó da torcida a esquecido no banco de reservas, Negueba voltou a jogar e atuou pouco mais de 15 minutos no empate em 2 a 2 com o Ceará, quarta-feira, em Fortaleza, que eliminou o Flamengo da Copa do Brasil, depois de quatro jogos. Ele entrou no lugar de Willians, pois o time precisava de mais um gol para se classificar. Se não ficou tanto tempo em campo, pelo menos nos números apresentou talvez a sua principal característica: o drible.

Os números são da Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad

Ele aplicou cinco dribles certos, segundo números do Footstats, empatando com Ronaldinho Gaúcho e perdendo apenas para Thiago Neves, que conseguiu oito. A diferença é que a dupla de astros do time ficou em campo durante todo o jogo. No Ceará, ninguém conseguiu superá-lo na estatística.

Vipcomm
Negueba disputou apenas quatro dos últimos 14 jogos este ano
Na média da temporada, em comparação com Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, ele perde, mas lembrando que sempre ficou menos tempo em campo do que os companheiros. Negueba consegue 1,1 drible certo por jogo, enquanto os astros do time chegam a 2,05 e 2,04, respectivamente.

Apesar da capacidade de driblar, Negueba, com contrato até 2015, tem sido pouco utilizado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, depois de ser tratado como xodó pelo próprio. Este ano, disputou 11 jogos, incluindo o amistoso com o Londrina, sendo apenas três deles como titular, marcando seus primeiros dois gols com a camisa do clube.

"O garoto ainda não está pronto. Respeito a opinião de todo mundo, mas ele ainda precisa ser trabalhado. Vai amadurecer, é um jogador que tem muito potencial", explicou Luxemburgo, determinado a fazer o jogador cumprir todas as etapas antes da conquista de uma vaga no time principal.

No fim do ano passado, quando assumiu o cargo de treinador do Flamengo, Luxemburgo pediu para que Negueba mudasse de posição e passasse a atuar como atacante, justamente por sua capacidade de driblar. A intenção era que ficasse mais próximo da área, cavando faltas e abrindo espaço para os companheiros. Ele chegou a participar de três jogos no Brasileiro.

null

Em dois meses, Negueba, que tem apenas 19 anos e já teve seu nome gritado pela torcida em alguns jogos, participou apenas de quatro dos últimos 14 jogos disputados pelo Flamengo nesta temporada. Vale lembrar que a jovem revelação participou da conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, marcando inclusive o gol do título em cobrança de pênalti.

O próximo compromisso do Flamengo, campeão carioca invicto, já será pelo Campeonato Brasileiro. No dia 21, o time vai enfrentar o Avaí, no Estádio Cláudio Moacyr Azevedo, em Macaé, pela primeira rodada da competição.

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Brasileiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG