Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com dois gols do brasileiro Edu, Schalke goleia a Inter na itália

Atacante venceu o compatriota Júlio César duas vezes, e o espanhol Raúl também marcou no massacre de 5 a 2 dos alemães, em Milão

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Nem o mais otimista torcedor do Schalke apostava em uma goleada sobre a atual campeã Inter de Milão. Jogando no Giuseppe Meazza, casa dos italianos, a equipe alemã contou com uma noite inspirada de seus atacantes para golear os anfitriões no jogo de ida das quartas e encaminhar a vaga na semifinal da Liga dos Campeões da Europa.

A Inter começou marcando logo aos 23 segundos de jogo, com Stankovic. O sérvio pegou de primeira uma afastada de bola do goleiro Neuer e, de dentro do círculo central, fez um golaço. O Schalke empatou com Matip, mas logo Milito deixou o time da casa na frente. Antes do intervalo, o brasileiro Edu igualou o marcador mais uma vez.

Na segunda etapa, a Inter começou assustando o Schalke e quase marcou em duas oportunidades. Porém, Raúl entrou em cena e marcou o 3º gol germânico na partida. Com a expulsão de Chivu, após cometer falta dura em Edu e levar o segundo amarelo, as coisas ficaram mais fáceis para os visitantes. Ranocchia, contra, e de novo Edu fizeram os outros dois gols da equipe alemã e decretaram o placar final de 5 a 2.

A partida de volta, em Gelsenkirchen, será no dia 13 de abril, também às 15h45 (de Brasília). Jogando na Veltins Arena, casa do Schalke, a Inter de Milão precisa vencer por, no mínimo, 4 a 0 para se classificar.

AFP
Brasileiro Edu foi o grande nome do jogo na Itália
O jogo
Jogando em casa, a Inter partiu para cima logo no começo. Literalmente no começo. Farfán perdeu a bola no meio de campo para Cambiasso, que lançou Milito. O goleiro Neuer saiu da área e afastou o perigo de cabeça, mas Stankovic, de dentro do círculo central, pegou de primeira, sem deixar a bola cair, para anotar um golaço. Isso aos 23 segundos de jogo.

O Schalke não se abalou com o tento e assustou logo em seguida com Raúl. Aos 4 minutos, o espanhol tentou empatar de cabeça, mas a bola saiu à esquerda do gol de Júlio César. No minuto seguinte, o atacante conseguiu escorar outro bom cruzamento, com o goleiro brasileiro defendendo firme no meio do gol.

A Inter teve outro lance de perigo aos 7 minutos, com Sneijder. Milito fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o holandês, que cabeceou sobre a meta alemã.

Aos 17 minutos, ligeiramente melhor na partida, o Schalke chegou ao empate. Farfán cobrou escanteio da direita, Papadopoulos cabeceou livre e Júlio César fez uma defesa espetacular. Matip pegou o rebote para balançar as redes e deixar tudo igual.

Os alemães se animaram com o gol e partiram em busca da virada, mesmo dentro da casa da Inter. Aos 19, Jurado recebeu cruzamento e pegou de primeira, já dentro da área. Júlio César fez outra grande intervenção para salvar os italianos. No lance seguinte, Eto'o marcou para os anfitriões, mas o árbitro anotou impedimento.

Depois de 25 minutos eletrizantes, a partida deu uma esfriada, bastante disputada no setor de meio de campo. Porém, aos 34 minitos, Sneijder levantou na área para Cambiasso, que ajeitou de cabeça, com açúcar, para Milito marcar o segundo da Inter. Sozinho na pequena área, o argentino só deslocou Neuer e saiu para comemorar.

Faltando cinco minutos para o intervalo, Jurado puxou contra-ataque para os visitantes e encontrou o brasileiro Edu na direita. O atacante entrou na área e chutou mascado. Júlio Césarevitou que a bola o encobrisse, fez a defesa, mas no rebote o mesmo Edu se antecipou à marcação e fez o gol do Schalke: 2 a 2.

AP
Atacante espanhol Raúl comemora seu gol na partida em que o Schalke goleou a Inter

Na segunda etapa, quase a Inter de Milão marcou o terceiro gol. A um minuto, Milito recebeu lançamento em profundidade, ganhou na velocidade da zaga alemã e tocou de esquerda na saída de Neuer. A bola passou raspando a trave.

No lance seguinte, Eto'o apareceu pela primeira vez com efetividade na partida. O camaronês dominou na área, cortou a marcação e chutou forte de esquerda. Neuer se esticou todo e fez uma linda defesa, mandando para escanteio.

Depois de levar dois sustos, o Schalke marcou mais uma vez e virou a partida. Aos 8 minutos, Farfán tabelou com Edu na entrada da área e encontrou Raúl. O espanhol se livrou da marcação de Chivu e tocou de perna direita na saída de Júlio César.

Com o resultado a favor, o Schalke passou a apostar nos contra-ataques. E foi em um desses lances que saiu o quarto gol. Aos 12, Jurado disparou com a bola dominada pela direita e viu Edu livre na área. O passe, no entanto, foi interceptado por Ranocchia, que deslocou o goleiro brasileiro e marcou gol contra.

A Inter partiu com tudo em busca de mais um gol para diminuir o prejuízo e quase marcou em lance de perigo de Eto'o. O atacante limpou a marcação pela esquerda e chutou cruzado, mas a bola passou por toda área alemã e ninguém completou.

Aos 16 minutos, Chivu cometeu falta dura em Edu e, como já havia levado do cartão amarelo alguns minutos antes, foi expulso da partida. Com um a mais, o Schalke tomou conta do duelo. Jurado quase fez o quinto gol dos germânicos, mas o chute de longe acertou a trave da Inter.

Aos 30 minutos, Farfán driblou toda zaga da Inter, o goleiro Júlio César e chutou na trave. Seria um golaço. Na continuação do lance, Edu recebeu na entrada da área, girou e mandou de esquerda no canto do arqueiro compatriota. 5 a 2 para o Schalke.

Perdida na partida, a Inter tentava descontar em jogadas individuais de Eto'o ou em chutes de longa distância de Sneijder. Manuel Neuer, seguro, conseguiu garantir a excelente vantagem dos alemães para o jogo de volta.

FICHA TÉCNICA
INTER DE MILÃO 2 x 5 SCHALKE

Local: Estádio Giuseppe Meazza, em Milão (ITA)
Data: 05 de abril de 2011
Horário: 15h45 (Brasília)
Árbitros: Martin Atkinson (ING)
Assistentes: Michael Mullarkey (ING) e Peter Kirkup (ING)
Assistentes adicionais: Michael Jones (ING) e Lee Mason (ING)
Cartões amarelos: Stankovic e Chivu (INT); Farfán, Sarpei, Raúl e Papadopoulos (SCH)
Cartão vermelho: Chivu (INT)

GOLS
INTER: Stankovic, aos 23'' do 1º tempo; Milito, aos 34' do 1º tempo.
SCHALKE: Matip, aos 17' do 1º tempo; Edu, aos 40' do 1º tempo; Raúl, aos 8' do 2º tempo; Ranocchia (contra), aos 12' do 2º tempo; Edu, aos 30' do 2º tempo.

INTER DE MILÃO: Júlio César; Maicon, Ranocchia, Chivu e Zanetti; Thiago Motta (Nagatomo), Stankovic (Kharja, depois Córdoba), Cambiasso e Sneijder; Eto'o e Milito. Técnico: Leonardo

SCHALKE: Neuer; Uchida, Höwedes, Matip e Sarpei; Papadopoulos, Jurado (Draxler), Baumjohann (Schmitz) e Farfan; Raúl (Karimi) e Edu. Técnico: Ralf Rangnick

Veja imagens das quartas da Liga dos Campeões:

Leia tudo sobre: InternazionaleSchalke 04AlemanhaItáliaFutebol Mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG