Goleiro teve boa atuação e ganhou confiança para substituir o selecionável Victor

Hector Werlang
Marcelo Grohe será titular no domingo
Pela primeira vez em 80 jogos no Grêmio, desde 2005, Marcelo Grohe pegou um pênalti. Foi no primeiro tempo da goleada sobre o Internacional, de Santa Maria , quinta-feira, a primeira das duas partidas na semana em que irá substituir Victor, convocado para a seleção brasileira. A defesa, após chute de Dinei, corou a grande atuação do camisa 12 e deu a confiança necessária para ocupar a vaga de titular.

Eram 36 minutos e o Grêmio vencia por 2 a 0. Dinei se posicionou para a cobrança. Marcelo olhou para o técnico Renato Gaúcho e, após rápida orientação, evitou o gol do adversário.

“O chefe indicou o canto, então, obedeci. Deu certo”, contou aos risos o goleiro.

Renato, na entrevista coletiva após a partida , disse ter adivinhado apenas observando o posicionamento do jogador:

“Pela minha experiência sei que canhotos costumam bater no canto esquerdo. É a margem de segurança deles. Dei a dica, é verdade, mas o mérito é do Marcelo. Eu e o grupo confiamos nele.”

Além do pênalti, Marcelo Grohe fez outras quatro defesas difíceis. O suficiente para deixar a má impressão de algumas falhas, como na estreia no Gauchão diante do Lajeadense , para trás.

“Precisava de uma atuação assim”, disse o goleiro um dia após admitir a possibilidade de rever a carreira por ser reserva.

Marcelo também será titular contra o Pelotas, fora de casa, no domingo. Mesmo dia em que Victor defenderá a seleção contra a Escócia, em Londres. Francisco Cersósimo, treinador de goleiros do Grêmio, também está à serviço da seleção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.