Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com dez desfalques, Botafogo usará jovens da base contra Boavista

Seis atletas foram promovidos ao time profissional para completar o banco da equipe no próximo sábado

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O treinamento do Botafogo nesta quinta-feira, no estádio Engenhão, foi um festival de caras novas. Ainda sem o técnico Caio Júnior, que chega ao Rio de Janeiro na próxima sexta-feira, o auxiliar técnico do treinador, Almir Domingues, e o novo preparador físico, Solivan Dalla Valle, comandaram a atividade e se apresentaram aos jogadores, que fizeram um treino de dois toques e um coletivo.

Mas a novidade não se limitou a comissão técnica. São dez desfalques para a partida contra o Boavista, pela quinta rodada da Taça Rio. Loco Abreu e Arévalo estão com a seleção do Uruguai, Jefferson está com a seleção brasileira, Herrera, Rodrigo Mancha e Everton estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, e Alex, Bruno Tiago, Lucas e Araruãma estão lesionados. Por isso, o Botafogo convocou seis jogadores das categorias de base para completar o treinamento no estádio Engenhão. Dos seis atletas, quatro serão escolhidos para completa o banco de reservas e, quem sabe, ter a primeira oportunidade na equipe profissional.

Entre os destaques, o atacante Sasá, de 17 anos, que se divertiu com as brincadeiras sobre a similaridade com o volante Somália. "O pessoal já veio falar que eu era parecido com o Somália. Ele falou que eu era o Somália Júnior agora. Foi divertido, mas tem que chegar devagar, não pode responder as provocações (risos). Sou um jogador de velocidade e boa finalização, espero ter uma oportunidade para agarrar. Até agora a ficha ainda não caiu", disse o jogador.

Renan Rodrigues
Lateral-direito Ryan espera uma oportunidade na equipe titular do Botafogo

Os escolhidos para treinar com os profissionais foram os meias Jefferson e Cidinho, os atacantes Jairo e Sasá, o lateral-direito Ryan e o zagueiro Matheus. Ainda tímidos com o assédio dos repórteres a maioria dos jogadores demonstrou o mesmo sentimento: felicidade e surpresa com a oportunidade.

Para o lateral-direito Ryan, que foi emprestado pelo Fluminense até o final da temporada, com opção de compra, a oportunidade pode determinar a permanência entre o elenco profissional. "Foi uma notícia muito boa, já que cheguei do Fluminense há pouco mais de um mês e talvez já possa fazer minha estreia no profissional. A expectativa é impressionar para tentar ficar no time principal e poder permanecer no Botafogo", disse o jogador.

O espelho de Ryan na posição é Maicon, lateral da Inter de Milão. Para o jovem atleta de 19 anos, o estilo de jogo de ambos é parecido. "Gosto muito de ver o Maicon jogar, ele é um jogador que ataca bastante, tem muita velocidade e força, algo que eu tento repetir. Já defendi as seleções de base e espero chegar na principal, como ele consegui", finalizou o lateral-direito;

 

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG