Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com desfalques no ataque, Botafogo pode voltar ao esquema 4-2-3-1

Herrera está suspenso e Loco Abreu lesionado. Meia Elkeson não vê problema em ser escalado no setor

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Desde a volta do atacante uruguaio Loco Abreu da Copa América, o técnico Caio Júnior decidiu abandonar o esquema 4-2-3-1 para formar a dupla ofensiva com Herrera , passando a formação para o 4-4-2. Porém, para a partida do próximo sábado, contra o Atlético-MG , às 18h, no Engenhão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro , o time carioca não poderá contar com o ataque ‘hermano’.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Loco Abreu sofreu uma lesão no ligamento colateral do joelho no último domingo, e só deve voltar a jogar contra o Fluminense, no dia 27. Já Herrera recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Inter, na última quarta-feira, e está suspenso automaticamente para a partida.

Desta forma, com poucas opções ofensivas, o treinador pode até voltar ao velho esquema, usando apenas Alex como centroavante. Maicosuel , Elkeson e Felipe Menezes formariam a linha de três armadores para municiar o jogador, com Cidinho e Thiago Galhardo brigando por uma oportunidade no meio-campo.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Caso queira manter o esquema tático com dois atacantes, Caio Júnior terá que optar entre Caio, que se recupera de torção no tornozelo e não entra em campo desde o dia 27 de julho, Alexandre Oliveira, que foi contratado para o Brasileirão, mas ainda não se destacou nas oportunidades que recebeu e Willian, que é jovem e só atuou em duas partidas – ambas pelo Campeonato Carioca – em 2011.

Outra alternativa para manter o 4-4-2 é adiantar o meia Elkeson para o ataque. Além de ser o artilheiro do Botafogo no Brasileirão, com seis gols, o jogador lidera o ranking de finalizações certas na equipe, com 19 chutes no alvo em 14 partidas. O próprio meia afirmou que não vê problema em atuar mais avançado.

"Já atuei em várias posições e jogo onde o Caio Júnior preferir. Procuro me dedicar ao máximo quando estou em campo, chutar de fora da área, criar as jogadas. Nesse jogo com o Internacional, não conseguimos os gols, mas trabalhando eles vão sair", declarou Elkeson.

Na quinta colocação do Campeonato Brasileiro, com 28 pontos, o Botafogo recebe o Atlético-MG neste sábado, às 18h, no Engenhão. O time mineiro é o 18º colocado, com 15 pontos em 17 rodadas.

Leia tudo sobre: BotafogoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG