Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com desfalques, Carpegiani fecha treino para esconder escalação

Técnico do São Paulo diz que tem duas opções para formar o time titular no clássico contra o Corinthians

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Não há como negar que o clássico contra o Corinthians é um jogo especial. Contrariando o que faz normalmente, o técnico Paulo César Carpegiani fechou para a imprensa o treino do São Paulo esta tarde no CT da Barra Funda. E o comandante são-paulino não teve qualquer problema em admitir: a atitude foi sim para tentar “esconder o jogo” para o rival em relação à escalação para o jogo de domingo.

“Não quero dar o time. Tenho algumas opções. Não sei dizer se o Marlos vai continuar, não gostaria de revelar isso. Preciso fechar, porque tudo que acontece no treino sai detalhadamente [na imprensa]. Se eu fecho o treino não vou dar detalhes para vocês. Vamos formar uma equipe competitiva, sem muitas modificações do que vínhamos fazendo”, disse Carpegiani antes do início do treino.

O mistério, no entanto, é relativo. Carpegiani já confirmou que o substituto de Juan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido diante do Paulista, será Júnior César. E caso Rhodolfo, que sentiu dores no joelho esquerdo, não possa jogar, Xandão entrará no seu lugar. Assim, falta apenas definir o time do meio para a frente.

A dúvida de Carpegiani é quem utilizar no lugar de Lucas, que está servindo a seleção brasileira. E embora o treinador não tenha dado muitas dicas, é possível apontar como favoritos à vaga Marlos, que já foi titular contra o Paulista no meio da semana, e Ilsinho. “Tenho duas maneiras para jogar do meio pra frente. Vou fazer as duas e a que os jogadores sentirem melhor é a que vai jogar”, disse.

Independente da escolha entre os dois, ainda restará definir o sistema tático. Com três zagueiros, Jean seria ala pela direita. Mas se a opção for por Rhodolfo (ou Xandão) atuar como falso lateral, o camisa 2 passa a atuar como volante e quem passa a avançar mais é Carlinhos Paraíba.

Apesar das indefinições, Carpegiani afirma que não fará nenhuma mudança específica no seu time em função da forma como o Corinthians joga. Ele diz não se preocupar com o adversário, apesar de respeitá-lo, e que o São Paulo vai tentar impor o seu jogo. E independente da escalação que escolha, ele também descarta surpreender o técnico rival, Tite.

“Eu não vou surpreender eles e eles também não vão nos surpreender. Quem ganhar vai ser pelo mérito. Vai ser um jogo igual, o que motiva é o entusiasmo, o nervosismo dos jogadores. É um jogo diferenciado, especial, mas são os mesmos três pontos”, afirmou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG