Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com ¿consciência tranquila¿, Cleber Santana diz não entender vaia

Depois de má fase em 2010, volante foi titular do São Paulo nos dois jogos disputados este ano no Paulista

Levi Guimarães, iG São Paulo |

As vitórias sobre Mogi Mirim e São Bernardo nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista 2011 não foram suficientes para amenizar a “perseguição” da torcida ao volante Cleber Santana. Reserva na maior parte da temporada 2010, o jogador agora é titular do técnico Paulo César Carpegiani, mas parece longe de conquistar a confiança dos são-paulinos.

“Ninguém espera vaia. Todos gostam de elogio. Achei que fiz um grande primeiro tempo, junto com os meus companheiros [quarta-feira, contra o São Bernardo]. Mas faz parte. Os torcedores estão ali para cobrar e eu vou procurar fazer o melhor em campo, conseguir as vitórias para o torcedor voltar feliz para casa”, disse Cleber sobre as críticas.

Apesar das vaias e cobranças, contudo, o jogador afirma não se considerar injustiçado pelos torcedores. “Não posso dizer que seja injustiçado, mas às vezes não entendo a cobrança de alguns. Estou tranquilo para fazer o meu melhor em campo. O mais importante é ter a consciência tranquila para fazer as coisas bem”.

O volante foi parte do “pacotão” de reforços que a diretoria são-paulina trouxe no começo do ano passado. Daqueles, muitos já deixaram o time. Mas alguns, como Carlinhos Paraíba, conquistaram espaço aos poucos. E Cleber Santana quer seguir o mesmo caminho para continuar no São Paulo.

“Temos que seguir sempre aprimorando. Fiquei muito tempo na Espanha jogando em outra posição e com a chegada ao São Paulo voltei a jogar mais atrás, como segundo volante. Ainda estou me adaptando da melhor maneira possível, com a função de armar e marcar quando não tem a bola. O importante é colaborar e o coletivo sobressair”, afirmou.

Neste sábado, o jogador terá mais uma chance de tentar mudar sua imagem diante da torcida são-paulina. Ele será titular no meio de campo da equipe no duelo contra a Ponte Preta, às 19h30, no estádio do Morumbi.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG