Tamanho do texto

Maikon Leite e Daniel Carvalho dividem as bolas paradas com o volante, que ainda se sobressai

O volante Marcos Assunção continua com a prioridade nas cobranças de falta e escanteio no Palmeiras , mas não é mais o único jogador a efetuar as batidas. Nesta temporada, o meio-campista encara uma 'concorrência' maior dentro do elenco, o que não alterou sua efetiva participação.

Leia também: Sem êxito no STJD, Palmeiras fica sem Valdivia, João Vitor e Luan

O meia Daniel Carvalho passou a ganhar algumas chances nas bolas paradas, mesmo quando Assunção está em campo, e até o atacante Maikon Leite se aventura em cobranças, mas com bem menos frequência.

Apesar de as faltas serem divididas, Assunção ainda lidera as assistências do Palmeiras com folga. Dos 25 gols do time neste ano, o volante marcou três e ainda deu seis passes para os colegas completarem. O segundo na lista dos garçons é Juninho , com duas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No ano passado, dos 95 gols assinalados, Marcos Assunção fez 11 e ainda deu 15 assistências. Líder disparado nas participações em tentos do clube, o meio-campista não se importa em dividir um pouco as batidas.

"São grandes jogadores, que batem bem na bola, tanto o Maikon Leite quanto o Daniel Carvalho . Até para quando eu não estiver bem no jogo é bom ter outros que batem", pondera.

Confira ainda: Werder confirma transferência de Wesley ao Palmeiras. Tirone nega

No entanto, Daniel Carvalho já avisou que a preferência nas faltas segue com Assunção, que, a cada bola parada, decide se quer bater ou se passa a chance para os colegas.