Argentino está a apenas seis gols de se tornar o maior artilheiro da história do time catalão

Messi em breve irá bater César Gonzalez (235 gols) como maior artilheiro da história do Barcelona
AP
Messi em breve irá bater César Gonzalez (235 gols) como maior artilheiro da história do Barcelona
Em uma partida fabulosa do argentino Lionel Messi , o Barcelona humilhou o Bayer Leverkusen por 7 a 1 e avançou às quartas da Liga dos Campeões nesta quarta-feira. O atacante marcou cinco gols - algo inédito em sua carreira e na história da Champions -, dois deles por cobertura, e agora está a apenas seis tentos de se tornar o maior artilheiro da história do clube ( veja um apanhado de gols de Messi pelo time ). Tello completou o placar para os catalães, aproveitando duas jogadas pela ponta esquerda, enquanto Bellarabi marcou o de honra do adversário. Na outra partida desta quarta, o APOEL, do Chipre, venceu o Lyon por 1 a 0 e ficou com a vaga nos pênaltis .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O domínio do Barcelona foi tão amplo que o time chegou a ter 70% da posse de bola durante a partida. E o placar só não foi maior porque, após o sexto gol, a equipe espanhola apenas tocou a bola de um lado para o outro e esperou o tempo passar, evitando desgaste desnecessário - compreensível, já que o confronto terminou em 10 a 2 no agregado. Os alemães, por sua vez, aceitaram o resultado e não partiram para a violência, deixando o Camp Nou com apenas dois cartões amarelos.

LIGA DOS CAMPEÕES: Michel Bastos perde pênalti e Lyon cai contra o APOEL

A Liga dos Campeões volta na próxima semana, com grandes confrontos para ver quem chega às quartas de final. No dia 13 (terça-feira), o Bayern de Munique recebe o Basel, enquanto a Inter de Milão duela contra o Olympique de Marselha. Ambos os anfitriões perderam por 1 a 0 na partida de ida. Já no dia 14 (quarta-feira), o Real Madrid decide a classificação contra o CSKA após o 1 a 1 no primeiro jogo, com o Chelsea tentando reverter a vantagem de 3 a 1 do Napoli no mesmo dia. Todas as partidas terão início às 16h45 (horário de Brasília).

APLAUSOS : Boleiros pelo mundo rasgam elogios a Messi após goleada do Barça

O jogo
Como sempre faz quando atua no Camp Nou, o Barcelona começou a partida colocando o adversário na roda e chegando com frequência à meta do Bayer Leverkusen. O goleiro Leno tentava impedir o gol de todas as maneiras, mas não conseguiu parar Lionel Messi cara-a-cara. Calmo, o argentino recebeu lindo passe de Xavi e finalizou por cobertura para abrir o placar aos 26min, encaminhando a classificação praticamente conquistada já no jogo de ida , na Alemanha.

LIGA DOS CAMPEÕES: Arsenal fica perto de milagre, mas Milan perde "só" de 3 e avança

Promissor prata-da-casa, Tello saiu do banco e marcou dois para completar a humilhação do Barcelona
AP
Promissor prata-da-casa, Tello saiu do banco e marcou dois para completar a humilhação do Barcelona
Nervosos e perdidos em campo, os jogadores do Leverkusen só conseguiam parar os catalães à base de faltas. Mas isso não impedia as tramas de Iniesta pelo meio-campo. O baixinho era um dos mais perigosos, e aos 43 minutos iniciou a jogada e achou Messi na área. O argentino levou para o meio e bateu forte para ampliar e aumentar o calvário do time alemão. Sem forçar, o Barcelona levou a boa vantagem para o intervalo, enquanto os jogadores do Bayer deixaram o gramado cabisbaixos.

LIGA DOS CAMPEÕES: Benfica vence Zenit e volta às quartas da Champions após 6 anos

A segunda etapa começou praticamente como um replay do primeiro tempo. Mas o gol saiu mais cedo: logo aos 5min, Messi recebeu lançamento e novamente encobriu o pobre goleiro Leno, que ficou desolado enquanto o argentino comemorava. O jogo estava tão fácil que o técnico Josep Guardiola já começou a poupar seus jogadores e trocou Xavi e Iniesta por Tello e Keita . E o jovem Tello aproveitou bem a chance: pouco depois de entrar, recebeu livre pela esquerda e ampliou para 4 a 0.

Messi, porém, estava impossível. Aos 13min, ele aproveitou falha incrível da zaga do Leverkusen e só rolou para dentro. Pouco depois, Tello aproveitou nova jogada pela ponta esquerda e aumentou a humilhação para 6 a 0. Satisfeito, o Barcelona apenas tocou a bola e esperou o tempo passar. Ainda sobrou tempo para Messi marcar seu quinto e o Leverkusen anotar o de honra antes do Barça avançar às quartas de final da Liga. Ao time alemão, resta lamentar e tentar voltar à competição na próxima temporada.

FICHA TÉCNICA - Barcelona-ESP 7 x 1 Leverkusen-ALE (agregado: 10 x 2)
Liga dos Campeões da Europa 2011/12 - Oitavas de final
Local : Estádio Camp Nou, em Barcelona-ESP
Data : 07 de março de 2012, quarta-feira
Horário : 16h45 (horário de Brasília)
Público : 75.632 torcedores
Árbitro : Svein Oddvar Moen (NOR)
Assistentes : Kim Thomas Haglund e Frank Andås e Marko Stancin (ambos NOR)
Cartões amarelos : Rolfes e Castro (LEV)

GOLS:
BARCELONA: Messi, aos 25 e aos 42 minutos do primeiro tempo e aos 5, 13 e 40 minutos do segundo tempo; Tello, aos 10 e aos 16 minutos do segundo tempo
LEVERKUSEN: Bellarabi, aos 45 minutos do segundo tempo

BARCELONA : Valdés; Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Adriano (Muniesa); Busquets, Iniesta (Tello), Fábregas e Xavi (Keita); Pedro e Messi Técnico : Josep Guardiola

LEVERKUSEN : Leno; Castro, Schwaab, Toprak e Kadlec; Rolfes, Reinartz, Bender (Schürrle) e Renato Augusto (Oczipka); Kießling e Derdiyok (Bellarabi) Técnico : Robin Dutt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.