Tamanho do texto

Voz forte, exemplo positivo e conhecimento tático são características do possível substituto de Rochemback

Grupo novo, time novo, técnico novo e, porque não, capitão novo. Ao mesmo tempo em que busca a formação ideal, o técnico Caio Júnior quer identificar até dez lideranças no Grêmio . Destas, irá escolher o capitão. Pode até ser Fábio Rochemback que terminou a temporada passada como dono da braçadeira.

Veja também: Fábio Rochemback não se preocupa com braçadeira de capitão

“Ainda não defini quem será o capitão. Não busco apenas uma liderança, não é o ideal. Quero cinco, seis, dez líderes em campo. Isso é importante para termos um time vencedor”, disse o treinador.

Mercado da Bola: fique por dentro das últimas negociações do futebol brasileiro

Para Caio Júnior, o capitão deve reunir as seguintes características: voz forte, exemplo positivo e conhecimento. Porém, pode haver exceção:

“Gilberto Silva é um grande líder, mas fala pouco. É o mesmo que o meu capitão no Botafogo, o Renato, que quase não abri a boca. Vou pensar e tentar decidir da melhor maneira possível”.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

A situação de Rochemback, portanto, está indefinida. Tanto a titularidade quanto à braçadeira. A julgar pelos testes na equipe ele deve perder ambas. Afinal, a formação que mais agradou ao treinador foi a com Fernando e Léo Gago como volantes titulares...

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos