Tamanho do texto

Santista será titular contra a Argentina. Sem Damião, lesionado, técnico não consegue atacantes das últimas partidas

Borges será o companheiro de ataque de Neymar e Ronaldinho
Mowa Press
Borges será o companheiro de ataque de Neymar e Ronaldinho
Com Borges , Neymar e Ronaldinho Gaúcho , a seleção brasileira terá o nono ataque diferente da era Mano Menezes, nesta quarta-feira, às 21h50, contra a Argentina . Em 15 partidas à frente do time, o técnico começou as partidas com oito formações diferentes na linha de frente do time. Lesões, caso da ausência de Leandro Damião, e ausência de gols foram as principais justificativas usadas pelo treinador para mexer tanto na equipe.

Acompanhe o jogo em tempo-real

A formação de ataque que mais se repetiu na seleção, em cinco partidas, foi com Neymar, Robinho e Alexandre Pato. Assim, Mano estreou na seleção com vitória contra os Estados Unidos, por 2 a 0, em agosto de 2010. Venceu também o Equador com os três jogadores de titulares, que estiveram nos empates contra Paraguai, que decretou a eliminação da Copa América, e Venezuela e na derrota para a Alemanha.

Ao todo, sete atacantes começaram como titulares com Mano Menezes na seleção: Neymar, Robinho, Ronaldinho Gaúcho, Fred, Damião, Philippe Coutinho e Alexandre Pato. Além deles, Nilmar, Hulk, André, Jonas, Diego Tardelli e até o aposentado Ronaldo entraram durante os jogos.

Mesmo se o ataque desta quarta der certo, ele não será repetido na próxima partida da seleção. Para os amistosos contra o México e Costa Rica, Borges não foi convocado. “Para os dois outros jogos vamos com o Fred. Então, gostaria de aproveitar essa oportunidade de vê-lo com a camisa da seleção, porque ele está em uma fase muito boa. O Fred vai ter oportunidade de jogar contra a Costa Rica e México lá na frente, então ele não vai perder nada com isso", argumentou Mano.[]


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.