Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com aval de Mano Menezes, seleção sub 20 estreia na fase final

Jogo contra o Chile pelo Sul-Americano será na altitude de Arequipa. Dois primeiros garantem vaga nas Olimpíadas de Londres 2012

iG São Paulo |

Depois de Mano Menezes observar in loco os treinamentos e conversar com os jogadores, a seleção brasileira sub 20 estreia na madrugada desta terça-feira (00h10 no horário de Brasília) no hexagonal final do Sul-Americano que vai classificar os dois primeiros colocados para as Olimpíadas de Londres, em 2012 (os quatro primeiros vão para o Mundial da Colômbia). O adversário será o Chile, na cidade de Arequipa, no Peru.

O treinador da seleção principal acompanhou de perto o trabalho de Ney Franco como coordenador da categoria de base da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Quando assumiu, em julho de 2010, Mano Menezes classificou como prioridade integrar a comissão técnica principal com os profissionais que trabalham com as equipes inferiores.

Sempre foram feitos trabalhos separados, com profissionais inexperientes comandando as seleções sub-20 e sub-17, as mais importantes. Antes da chegada de Mano ao Peru, o preparador físico Carlinhos Neves e o auxiliar técnico Sidnei Lobo já estavam em Tacna (cidade onde o Brasil disputou a maioria das partidas da primeira fase). Como o Sul-Americano sub 20 passou a ser também Pré-Olímpico, Mano entendeu que eras preciso um técnico experiente, e convidou Ney Franco, que estava comandando o Coritiba na Série B do Brasileiro.

Além de Brasil e Chile se classificaram para a fase final Argentina, Colômbia, Uruguai e Equador. Se a Colômbia ficar entre os quatro primeiros, o quinto se classifica para o Mundial da categoria, já que os colombianos serão sede da competição. Mano Menezes volta ao Brasil antes da partida porque dia 9 de fevereiro comanda a equipe principal em amistoso contra a França, em Paris. O voo de Arequipa para Lima, capital peruana, sai horas antes do início da partida, que teve horário alterado para que fechasse a rodada.

Time
Ney Franco avaliou como fundamental começar o hexagonal vencendo para não deixar os adversários escaparem. A altitude de Arequipa (2.400m acima do nível do mar) não preocupa, já que segundo a comissão técnica houve tempo para adaptação. O Brasil folgou na última rodada do Grupo B e pôde viajar para a cidade antes do que os times de sua chave. O problema é que Chile, Argentina e Uruguai, do Grupo A, jogaram toda primeira etapa na cidade e estão mais acostumados

Oscar, meia do Internacional que começou a competição como titular, mas foi sacado no meio da primeira fase, vai iniciar o hexagonal entre os 11. Ney Franco definiu a equipe titular no último treinamento, no estádio Universidad Nacional San Augustin, com Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro, Casemiro, Fernando, Lucas e Oscar, Neymar e Willian.

Os chilenos não terão Nicolás Peñailillo, expulso na vitória de 3 a 1 sobre a Venezuela. José Martinez será o substituto. Já por opção tática o técnico César Vaccia pode sacar José Luís Silva e colocar César Pinares.

FICHA TÉCNICA - BRASIL x CHILE

Local: Estádio Universidad Nacional San Augustin, em Arequipa (Peru)
Data: 1 de fevereiro de 2011
Horário: 0h10 (de Brasília)
Árbitro e Assistentes: Não divulgados pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol)

BRASIL: Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro, Casemiro, Fernando, Lucas e Oscar, Neymar e Willian José
Técnico: Ney Franco

CHILE: Carlos Alfaro, Mirko Opazo, Cristián Magaña, Luis Casanova e Lorenzo Reyes, Alejandro Márquez, César Pinares, José Martinez, Bryan Carrasco e Felipe Gallegos; Yashir Pinto
Técnico: César Vaccia
 

Leia tudo sobre: Seleção BrasileiraNeymar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG