Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com atenção especial, Bolívar deve ganhar vaga no time do Inter

Zagueiro recebe treinamento individual do técnico Roth e encaminha titularidade contra o Wilstermann

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Gabriel Cardoso
Celso Roth ficou cerca de 20 minutos treinando e conversando com o zagueiro Bolívar
O zagueiro Bolívar tem um status diferenciado no Internacional. Bastou ele se recuperar de lesão para provavelmente ganhar um lugar no time. Chamou a atenção no primeiro treino desta semana o tratamento dado a ele pelo técnico Celso Roth.

Após um trabalho tático, Roth dispensou todos os jogadores, menos um: Bolívar. O próprio treinador se encarregou de trabalhar individualmente com o jogador que foi capitão do time em 2010. Roth levantava a bola para Bolívar cabecear. Depois fazia cruzamentos e observava a maneira que o zagueiro cortava a jogada. Celso já havia dado indício de que ele retomaria a posição: “A probabilidade é do seu retorno.” avisou.

Bolívar foi submetido a uma artroscopia no joelho ainda em janeiro. São mais de três meses afastado dos gramados. A última vez que esteve em campo foi dia 18 de dezembro quando o Inter venceu o Seongnam pela disputa do terceiro lugar no Mundial de clubes.

O tratamento com Bolívar é um pouco diferenciado. Celso Roth cansou de dizer no início da temporada que ninguém entraria no time por seu histórico, mas por seu presente. O zagueiro voltou aos treinos, entraria no segundo tempo do empate contra o São Luiz, mas não foi possível. Porém, seu desempenho semanal com o grupo parece suficiente para retomar a titularidade.

Um fator que também contribuiu foi a lesão de Sorondo. O uruguaio, que vinha sendo titular, ficará pelo menos seis meses afastado dos gramados. Se confirmada a titularidade de Bolívar, Rodrigo e Índio vão disputar a segunda vaga. O Inter recebe o Jorge WIlstermann, nesta quarta-feira, às 21 horas e 50 minutos, pela Libertadores.

Bolívar fez 30 jogos no Brasileirão do ano passado, todos como titular. Ele teve o melhor aproveitamento no passe entre os principais jogadores do Inter. Foi o terceiro com mais lançamentos certos e o defensor do clube gaúcho com melhor média de desarmes na competição nacional do ano passado, segundo dados do Footstats.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG