Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com ajuda do banco, Atlético-MG bate a Caldense e se classifica

Atlético-MG venceu por 2 a 0, com gols de Ricardo Bueno e Magno Alves, com destaque para Daniel Carvalho

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Depois de um péssimo primeiro tempo, o Atlético-MG não teve dificuldades para bater a Caldense por 2 a 0, com gols de Ricardo Bueno e Magno Alves. Com o três pontos conquistados em Poços de Caldas o time da capital está garantido na semifinal do Campeonato Mineiro e ainda pode sonhar com a liderança da primeira fase. Para isso, tem de vencer o América-TO na última rodada, em Sete Lagoas, e torcer por uma vitória do Uberaba, contra o Cruzeiro.

Futura Press
Magno Alves comemora o segundo gol do Atlético-MG

O jogo
Apesar do resultado, o Atlético-MG não teve um primeiro tempo fácil. Como tem se tornado rotina da equipe em 2011, o primeiro tempo foi mais vez bastante abaixo da crítica. O goleiro Glaysson não teve que fazer nenhuma grande defesa. Por sua vez, a Caldense chegava com perigo ao gol de Renan Ribeiro. A primeira delas foi aos 17 minutos, quando o atacante Chimba subiu entre os dois zagueiros atleticanos, ambos com mais de 1,90m e cabeceou para fora.

Dois minutos depois foi a vez do zagueiro André Alves ficar com uma sobra dentro da área atleticana e chutar por cima do gol de Renan Ribeiro. Mas aos 26 minutos um lance determinou um novo rumo para a partida. O volante Viera fez falta dura em Bernard e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso da partida. A partir de então o Atlético-MG passou a ter mais espaço e logo em seguida o técnico Dorival Júnior colocou Daniel Carvalho em campo.

A entrada do meia-atacante deu outro vida ao time alvinegro. Se no primeiro tempo ainda sem grande destaque, Carvalho foi um dos nomes do Atlético-MG. Já no intervalo o treinador atleticano fez as duas alterações que lhe restavam, com as entradas de Ricardo Bueno e Leleu, nos lugares de Rafael Cruz e Fillipe Soutto, respectivamente.

Logo aos dois minutos o primeiro gol, com as participações de Daniel Carvalho e Ricardo Bueno. Daniel chutou e Bueno pegou o rebote dentro da área, como tem de ser o centroavante, e passou por Glaysson antes de empurrar a bola para o fundo do gol. Daniel Carvalho seguida ditando o ritmo do Atlético-MG e esteve perto de marcar o dele, aos dez minutos, mas Glyasson fez boa defesa depois de cobrança de falta.

O gol que confirmou o triunfo do Atlético-MG saiu aos 13 minutos, mais uma vez com a participação de dois jogadores que começaram na reserva. Ricardo Bueno cruzou para Leleu que cabeceou bem e Glaysson fez boa defesa, mas a bola sobrou para Magno Alves chutar e marcar.

Com o placar de 2 a 0 e um jogador a mais, o Atlético-MG não quis saber mais de jogo. O time passou a tocar a bola, fazer o tempo passar. Algumas vezes até que ameaça buscar o terceiro gol, mas com perigo mesmo, somente aos 31 minutos, quando Ricardo Bueno quase encobriu o pesado Glaysson. Apesar de todo sobrepeso, o goleiro da Caldense se recuperou e fez grande defesa.

Se a exibição do time não foi uma maravilha, o torcedor atleticano saiu do estádio Ronaldo Junqueira com a certeza que Daniel Carvalho pode ser um grande reforço no Campeonato Brasileiro. Ainda sem estar na sua forma física ideal, ele foi o melhor campo e mostrou muita qualidade.

FICHA TÉCNICA – CALDENSE 0 X 2 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas-MG
Data: 10 de abril de 2011, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Renda: Não divulgada
Público: Não divulgado
Árbitro: Renato Cardoso Conceição
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Frederico Soares Vilarinho
Cartões Amarelos: André Alves, Jardel , Fernando Gaúcho, William e Rodrigo Dias (CAL); Jackson, Rafael Cruz e Bernard (CAM)
Cartões Vermelhos: Vieria (CAL)
GOLS:
ATLÉTICO-MG: Ricardo Bueno, aos 4 e Magno Alves, aos 13 minutos do segundo tempo

CALDENSE: Glaysson; Rodrigo Dias, André Alves, Rafael Dias e Márcio Loyola (Esquerdinha); Maxsuel, Jardel, Vieira e Luisinho; Fernando Gaúcho (Xandinho) e Chimba (William) Técnico: Roberto Fonseca.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Rafael Cruz (Ricardo Bueno), Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Serginho, Fillipe Soutto (Leleu), Jackson (Daniel Carvalho) e Bernard; Mancini e Magno Alves Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG