Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Aírton em campo, Flamengo conquistou 42% de pontos a mais

Volante segue fora do time e só deve voltar a jogar no clássico com o Botafogo, domingo, no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Números mostram importância de Aírton
A presença de um volante em campo costuma ser tratada com desdém. A preocupação em balançar a rede do adversário, a atuação do craque e o goleiro milagroso aparecem muito mais do que o carregador de piano. No caso do Flamengo, o trabalhador se valoriza. Os números mostram como Aírton é importante desde sua reestreia com a camisa do clube, em julho deste ano. Com ele em campo, o time conquistou 42% de pontos a mais.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Desde a vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, no dia 6 de julho, foram oito jogos com Aírton, nos quais o Flamengo venceu cinco, um deles pela Copa Sul-Americana, empatou dois e perdeu apenas um, sofrendo seis gols. Sem ele, já são duas derrotas, três empates e três vitórias, uma delas também pela Sul-Americana, sendo vazado 13 vezes.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O Flamengo chegou a ficar os seis primeiros jogos de Aírton este ano sem sofrer gols. Foi justamente quando o time conseguiu uma série de vitórias importantes e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, caiu para a quinta colocação, com 36 pontos, depois da derrota por 3 a 1 para o Bahia, domingo passado, no Engenhão.

O problema é que Aírton vai para o sexto jogo seguido fora do time depois de ser submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo. Ele sequer vai viajar para Atibaia, onde o time ficará concentrado até o jogo contra o líder Corinthians, que tem 40 pontos, quinta-feira, às 21h50, no Pacaembu, pela 22a rodada do Campeonato Brasileiro. Ele está sendo preparado para voltar ao time contra o Botafogo, domingo, no Engenhão.

“O Aírton está em fase de desenvolvimento da força muscular. Ele vem apresentando um quadro de evolução acima do esperado, mas não vou antecipar nada. Ainda vai ter uma semana de treinamento. Na sexta-feira, vou dar uma acelerada com ele. Nada de colocar a carroça na frente dos bois. Se der, deu. Não farei loucura”, afirmou o preparador físico Antônio Mello.

Inicialmente, a previsão para a volta de Aírton era de quase dois meses. No entanto, caso seja confirmado no clássico, ele poderá estar novamente em campo menos de 20 dias depois da cirurgia, que aconteceu no dia 23 de agosto. Na temporada, o jogador também desfalcou o time duas vezes por suspensão, uma delas imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pela qual cumpriu apenas dois dos quatro jogos previstos, aguardando novo julgamento.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG